Publicidade

Estado de Minas Gravidez

Caso Andressa Urach: Por que desenvolvemos varizes durante a gravidez?

Especialista em saúde vascular explica por que este problema acontece e como tratá-lo; confira as dicas


06/01/2022 14:00 - atualizado 06/01/2022 14:33

Grávida acariciando a barriga
Aumento das varizes é uma condição que acomete muitas gravidas (foto: Pexels )

Uma reclamação muito comum nos consultórios médicos é o aumento das varizes, principalmente na região das pernas, durante a gestação. Nos últimos dias o assunto ganhou ainda mais visibilidade depois que a modelo Andressa Urach compartilhou nas suas redes sociais, que somam mais de 2 milhões de seguidores, que por conta da gravidez surgiram alguns vasos e varizes nos seus pés e pernas. 

 

Andressa tem 34 anos e está gravida de seis meses do seu segundo filho, o menino se chamará Leon e é fruto de seu relacionamento com Thiago Lopes. “Na minha gravidez agora estão saindo um monte de vasinhos na minha perna e no meu pé. Depois que eu ganhar o Leonzinho, eu quero fazer esse tratamento que sai tudo”, relatou Urach.

 

O médico vascular e referência na área, Gustavo Maractto, explica que essa condição é muito comum de acontecer durante a gravidez, e tem explicação.

“Durante esse período, o corpo da mulher passa por algumas modificações para receber e desenvolver o bebê. A primeira delas é uma sobrecarga de hormônios que favorecem a dilatação das veias. A segunda é o aumento do volume da circulação para poder nutrir o corpo da mãe e do bebê em desenvolvimento. Por fim, a terceira modificação é com o crescimento do útero que, após o sexto mês, começa a dificultar a circulação de retorno das pernas. Somados, esses três motivos são os responsáveis pelo aumento das varizes e dos vasinhos durante a gravidez”, esclarece.

 

Em resumo, as varizes são veias dilatadas que já não são capazes de realizar adequadamente sua função de levar a circulação de volta ao coração. As varizes geralmente comprometem mais as pernas, que podem causar dor, além de mexer com a autoestima.

“A maioria dos casos de varizes é observada no sexo feminino e pode ser causada por histórico familiar, obesidade, tabagismo, sedentarismo, uso de pílulas anticoncepcionais e também gravidez”, enfatiza o médico.

 

Os principais sintomas são aparecimento de veias azuladas e muito visíveis; agrupamento de pequenos vasos avermelhados; sensação de peso nas pernas, sensação de pernas ardendo, câimbras, inchaço nas pernas, em especial ao final do dia.

“Além de afetar a aparência, a doença causa inchaço, dor, cansaço e pode levar a feridas e até trombose”, explica Gustavo.


Não existe uma regra, mas com alguns comportamentos é possível ajudar a prevenir varizes. “É muito importante que durante a gravidez seja mantida uma alimentação saudável com boa hidratação, exercícios físicos regulares conforme as limitações obstétricas e o uso da meia elástica são muito importantes para prevenção nesse período. O importante é sempre consultar um médico”, acrescenta o médico. 

 

Em relação ao tratamento de varizes durante a gestação, Gustavo enfatiza que a gravidez é um momento muito especial para a mulher e hoje existem técnicas que podem ser realizadas durante a gestação, porém apenas em casos excepcionais. O ideal é que o tratamento seja realizado antes de engravidar para melhorar a qualidade do pré-natal e evitar as complicações com inchaço e trombose. 

 

As varizes teoricamente, e na maioria dos casos, não causam problemas para a saúde do bebê, porém, complicações decorrentes dela merecem atenção. Como, por exemplo, maior o risco de desenvolver trombose. 

 

Outros casos famosos

 

A modelo e digital influencer Andressa Suita também procurou o profissional para realizar um tratamento de varizes com a técnica de CLaCS. Ela é mãe do Gabriel, de 2 anos, e Samuel, de 1 ano, frutos do relacionamento com o sertanejo Gusttavo Lima, e contou que durante as gestações apareceram algumas varizes e vasinhos, que causavam dores e cansaço nas pernas.  

 

Eu tive algumas varizes na gestação, algumas não, várias. Ele fez uma mágica nas minhas pernas com laser e aplicação de CLaCS e a gente completou também com glicose. Ele clareou bastante e não dói”, contou Andressa após o procedimento.

 

“A técnica de CLaCS é realizada no próprio consultório e não precisa de cirurgia em hospital, não precisa de corte e nem de repouso. Eu uso laser e no mesmo procedimento já é possível eliminar as varizes e os vasinhos. Resolvemos o problema todo com um tratamento e a paciente pode manter a rotina de atividades sem nenhuma restrição, sem risco de trombose, sem manchas”relata Gustavo.

 

Outra famosa que também passou por isso foi a esposa do cantor sertanejo Zé Neto, Natália Toscano. Ela relata que durante a sua segunda gravidez teve um problema vascular que resultou em varizes nas pernas.

“Eu tive algumas varizes pélvicas, doeu bastante, e resolvi procurar ajuda. Gustavo vem cuidando de mim de maneira incrível. Tanto que ele cuida de mim, da minha mãe, da minha sogra. Ele está deixando minhas pernas super saudáveis e lindas. Porque agora não tem nem vasinho. Mas sabe o que é melhor? É indolor”, contou Natália.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade