Publicidade

Estado de Minas Saúde

Cólicas e desconforto pélvico, é normal sentir dor durante a menstruação?

A menstruação é um processo biológico que acontece com todas as mulheres e não é normal sentir dores durante o período menstrual


23/09/2021 14:49 - atualizado 23/09/2021 15:13

None
(foto: Foto de Andrea Piacquadio no Pexels)

 

O sangramento mensal – conhecido como menstruação – que se inicia desde o começo da adolescência e dura até o fim da fase adulta, quando a mulher entra na menopausa, traz consigo alguns desconfortos, mas que não podem e nem devem atrapalhar a vida das mulheres.

 

Dores intensas, disfunção intestinal, sangramento intenso são  alguns sintomas que podem ser indicativos da endometriose , doença que atinge mais de 180 milhões de mulheres em todo o mundo. As cólicas “quando se apresentam de forma insuportável, pode ser um sinal de alerta de que algo não vai bem”, alerta o médico ginecologista especialista em mioma, especialista em Ginecologia Minimamente Invasiva e em cirurgia robótica, Alexandre Silva.

 

Presença de sangue nas fezes ou na urina, dor ao evacuar e urinar, incômodo durante a relação sexual e o  baixo nível de testosterona , são outros sintomas aos quais a mulher deve se atentar, a fim de diagnosticar a doença o mais rápido possível e evitar consequências irreversíveis, como a infertilidade.

 

Uma das causas principais para esse distúrbio é a presença de tecido endometrial fora da cavidade uterina – na bexiga, no estômago e até no pulmão – que “por responder aos mesmos estímulos hormonais que o endométrio tópico, ele se prolifera estimulado pelo estrogênio no início do ciclo e sangra ao ser impulsionado pela progesterona na segunda fase. Esse sangramento irrita a membrana que reveste a cavidade abdominal e pélvica, causando inflamação, dor e formação de aderências pélvicas.”, explica Alexandre.

 

 

Os avanços da medicina e da tecnologia permitiram tratar a endometriose com procedimentos minimamente invasivos e com equipes multidisciplinares dando mais segurança e conforto à mulher. Apresentando ou não os sintomas, faça anualmente um acompanhamento ginecológico, a endometriose pode ser assintomática em algumas mulheres. 

 

 

*Estagiária sob a supervisão da editora Teresa Caram  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade