Publicidade

Estado de Minas conta-gotas

Relaxe com a ioga


11/04/2021 04:00 - atualizado 08/04/2021 12:02






Técnica milenar de ioga promove relaxamento e leva a mente do estado de manifestação e dissolução para o “estado original”, trabalha a partir do chakra coronário na parte superior do corpo e flui através dos chakras inferiores. O objetivo é alterar o nível de consciência da mente, fazendo com que a mente ouça o som interno. Os benefícios da prática, segundo a mestre Maria José Marinho, que aplica a técnica na clínica Ponto de Equilíbrio, são: alívio do estresse, cura das mudanças de humor, promoção da estabilidade emocional, cura de vícios e otimização do sistema imunológico. As evidências científicas sugerem que essas técnicas reduzem a pressão sanguínea, a ansiedade, a depressão, a insônia e o nervosismo exagerado. A técnica de relaxamento pode ser feita on-line, em grupo ou individual.



Mantenha os pés mACIOS


Importantes para a mobilidade, os pés podem passar despercebidos escondidos nos calçados. Isso pode causar calos, rachaduras, joanetes e unhas encravadas. Atenta a isso, a Mahogany indica bons hábitos para deixá-los sempre macios e saudáveis. Confira:

» Cuidados no chuveiro: Lave-os com água e sabão e certifique-se de secá-los entre os dedos
» Hidratação noturna: Utilize creme hidratante específico para os pés. O produto repõe a água perdida, amacia a pele e impede o ressecamento
» Respiração e conforto: Quando for usar meias, dê preferência para as de algodão. O uso de tênis, salto alto ou sapatos sociais podem causar incômodos, expor os pés a micro-organismos ou até mesmo ressecá-los. Por isso, é importante intercalar os calçados
» Esfoliação: Semanalmente, trate a região com creme esfoliante. Esse ato remove células mortas, renova a pele e estimula a circulação
» Automassagem: Escalde-os em uma bacia com água morna por 15 minutos. Em seguida, utilize um creme para massagear as solas, os calcanhares e os dedos, com movimentos circulares e de deslizamento
» Cuidados com as unhas: Quinzenalmente, corte as unhas dos pés. Um corte irregular pode fazer com que as unhas cresçam na direção errada, penetrando na pele e encravando



Atenção aos olhos pós-Covid


Quando a pessoa se cura da COVID-19, ela pode ficar com algumas sequelas nos olhos. Segundo o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, o tratamento contra o coronavírus deixa marcas na visão. Isso porque casos moderados e graves recebem alta dose de corticosteroides para combater a inflamação vascular sistêmica. Isso leva a um distúrbio metabólico, inclusive nos olhos, e a única forma de tratar esse problema é com acompanhamento médico e exames. Queiroz Neto ressalta que a visão embaçada após a COVID-19 pode sinalizar catarata. A doença opacifica o cristalino pela toxicidade do corticosteroide. O tratamento é cirúrgico. Ele esclarece, também, que a retinopatia pode surgir pela elevação da pressão arterial causada pelo corticosteroide ou pelo aumento da glicemia. Nesse caso, o tratamento é feito com aplicação de injeções de antiangiogênicos.

 
 

Dieta saudável, aliada da mente

 

Pesquisas recentes revelam que a dieta balanceada tem benefícios que vão além do físico: faz bem à alma. Renato Araújo, médico psiquiatra da Clínica Mangabeiras, revela que nos últimos anos tem sido evidenciada a ligação entre a qualidade nutricional e a saúde mental. “Já foi provado que refeição saudável reduz o risco de depressão”, destaca. Renato Araújo diz também que a alimentação da gestante influencia na saúde mental da criança. “Omega-3, vitaminas B e D e zinco estão entre os nutrientes que apresentam evidências de benefícios para a saúde mental”, exemplifica. Esses nutrientes podem ser encontrados nos alimentos da dieta mediterrânea, como peixes de água salgada, grãos integrais, frutas, azeite de oliva, legumes e oleaginosas. Estudos clínicos investigam também o uso desses nutrientes no tratamento do transtorno bipolar, transtorno de estresse pós-traumático, jogo patológico e dependência química.



Infertilidade?

Se você está há mais de um ano tentando ter um bebê, mantendo relações sexuais frequentes, sem métodos contraceptivos e não conseguiu engravidar, é aconselhável buscar ajuda. “É fundamental entender se, de fato, existe um problema e onde ele está. Alguns exames ajudam a saber se você ou seu(sua) parceiro(a) são inférteis”, explica a especialista em reprodução assistida Cláudia Navarro, diretora clínica da Life Search. Conheça exames para homens e mulheres que atestam a infertilidade e apontam o caminho para realizar o sonho da gravidez:

*Pesquisa hormonal básica
*Ultrassom endovaginal
*Ultrassom seriado ou rastreamento de ovulação
*Histerossalpingografia
*Videolaparoscopia
*Vídeo-histeroscopia
*Cariótipo com banda G (homem e mulher)
*Espermograma
*Ultrassom de testículo


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade