Publicidade

Estado de Minas ESTÉTICA

Gretchen e outras celebridades apostam na harmonização facial

Na busca pelo rejuvenescimento, a onda da vez é o procedimento pouco invasivo que ameniza sinais de envelhecimento, perda da elasticidade da pele, queda dos tecidos, músculos e gordura


postado em 15/09/2019 09:00 / atualizado em 15/09/2019 10:15

Artistas como Gretchen são adeptos(foto: Reprodução do Instagram)
Artistas como Gretchen são adeptos (foto: Reprodução do Instagram)

      Atraindo cada vez mais pacientes que buscam um rosto uniforme, a harmonização facial promete entregar uma face simétrica e firme. A médica generalista e fisioterapeuta da Clínica Magrass Ângela Carvalho, pós-graduanda em harmonização facial pelo Instituto Thoppi, explica que o procedimento consiste na associação de algumas modalidades de tratamentos estéticos que, em conjunto, buscam trazer a harmonia tratando o envelhecimento. Ela conta que são usadas técnicas como aplicação de toxina botulínica, preenchimento com ácido hialurônico, fios de sustentação, skinbooster, entre outros, na procura por uma pele mais jovem, bonita e harmônica. O profissional atua equilibrando os traços do rosto e seus contornos, além de tratar rugas, linhas de expressão e olheiras.
 
“A harmonização facial é indicada para homens e mulheres que buscam ficar melhor consigo mesmos, harmonizando aspectos e assimetrias faciais que geram insatisfação. Ela permite amenizar alterações como bigode chinês, olheiras e rugas profundas, como também corrigir pequenos 'defeitos' indesejados, como assimetrias e sorriso gengival. Com o preenchimento, podemos aumentar o volume do mento e lábio, trazendo maior harmonia ao perfil do paciente, bem como alterar o contorno nasal por meio da técnica de bioplastia nasal. Existem estudos que já utilizam a toxina botulínica no tratamento coadjuvante de bruxismo, cefaleias e hiperidrose. A busca por uma pele saudável e mais jovem é ambição antiga do ser humano. A harmonização facial permite intervenções minimamente invasivas com resultados altamente satisfatórios”, esclarece Ângela Carvalho. A médica diz que o procedimento é indolor e utiliza-se anestesia local. O que pode ocorrer depois é o surgimento de leves hematomas e edemas, que melhoram em poucos dias.
 
A médica destaca que não existe idade certa para iniciar os tratamentos com harmonização facial. O mais comum é procurar quando começam a aparecer sinais de envelhecimento, rugas e flacidez. “A grande maioria das pessoas pode se submeter aos procedimentos, salvo alguns casos específicos de doenças autoimunes, pacientes com doenças ativas, muito alérgicas e com histórico de reações anafiláticas, grávidas e mulheres amamentando. As contraindicações são específicas para cada tipo de procedimento. Sendo assim, é de grande importância conversar com o profissional para traçar um plano de tratamento seguro e eficaz.”

REAÇÕES É preciso ter consciência dos riscos de cada procedimento. Ângela Carvalho enfatiza que, “na aplicação da toxina botulínica, por exemplo, é comum o aparecimento de hematomas e edemas, que cedem após um período. A principal complicação seria a ptose palpebral, que é quando a pálpebra 'cai'. Isso se dá ou por excesso de toxina ou por falha técnica. Essa reação adversa é transitória e melhora espontaneamente em quatro a seis semanas. Já o preenchimento com ácido hialurônico pode causar necrose e, em casos mais raros, até cegueira, quando não aplicado com a técnica correta. Por esses motivos, os pacientes devem procurar um profissional capacitado, que saiba tratar e acompanhar as intercorrências, que tenha bom conhecimento de anatomia, experiência e que execute as técnicas com maestria. É importante que o tratamento seja planejado conjuntamente e que todas as dúvidas sejam sanadas. Dessa forma, o paciente se sentirá seguro”.
 
Portanto, é uma decisão que precisa ser pensada. Ângela Carvalho alerta sobre os cuidados. “As recomendações também são específicas para cada tipo de procedimento. Por exemplo, quando aplicamos a toxina botulínica, o paciente não deve abaixar a cabeça ou deitar nas primeiras quatro horas após o procedimento, não deve manipular a área tratada ou executar exercícios vigorosos nas próximas 24 horas. Além de evitar locais quentes. Quando feito o preenchimento com ácido hialurônico, deve-se evitar locais quentes ou usar maquiagem nas primeiras 24 horas. E, mais uma vez, procurar um profissional capacitado, de preferência um médico.”
 
Ângela Carvalho conta que o tempo para a manutenção da harmonização facial varia de acordo com o tipo de procedimento e produto aplicado. “A toxina botulínica pode ser aplicada de cinco em cinco meses. O tempo de ação da toxina em cada pessoa varia de acordo com o metabolismo. O preenchimento com ácido hialurônico deve passar por manutenção entre seis meses a dois anos, dependendo do produto e do metabolismo de cada pessoa. Já os fios de sustentação de PDO têm durabilidade de cerca de dois anos, variando também de indivíduo para indivíduo.”


Febre entre artistas


A mais recente sensação entre as celebridades é fazer harmonização facial. A proposta é manter o rosto mais jovem, bonito e com proporções simétricas, que causa no cérebro a impressão de perfeição. E, como de costume, as críticas, negativas ou positivas, lotam as caixas das redes sociais. Afinal, a harmonização melhora ou piora o formato do rosto? Entre os artistas que receberam críticas, o DJ Alok disse estar feliz com o resultado. Já a “rainha do rebolado” Gretchen recebeu mais elogios, ao que ela respondeu: “Podemos sempre melhorar”.
 
(foto: Biomedicina Estética/Reprodução)
(foto: Biomedicina Estética/Reprodução)

 
Depois de fazer uma harmonização facial, o DJ Alok (foto) recebeu várias críticas dos fãs nas redes sociais, que disseram notar grande diferença em seu rosto. “Que horror, seu rosto era lindo”; “Não se mexe em time que está ganhando cara...”, foram alguns dos comentários de fãs que não concordaram com o procedimento. Alok, na época, disse que “crítica é algo normal que temos que estar acostumados a receber, pois elas, muitas vezes, podem ser construtivas. Com relação ao procedimento, acho que temos que nos sentir bem e felizes com nós mesmos”.
 
Entre tantos outros, também passou pelo procedimento a “rainha do rebolado” Gretchen (foto), que já fez várias cirurgias plásticas. Ela comemorou a harmonização dizendo: “Podemos sempre melhorar”. No seu caso, o procedimento estético modificou significativamente suas expressões faciais. Ela ganhou novos lábios e uma expressão mais jovial. No seu caso, também houve críticas, mas muitos elogios. “Não ficou nada natural, tá toda botocada”; “Tá parecida com Roberto Carlos”. Mas outros a defenderam: “Eu fico impressionada como as pessoas acham que nunca vão envelhecer, Gretchen tá maravilhosa”, comentou um primeiro. “Ficou maravilhosa essa harmonização facial que você fez! Está deslumbrante, como sempre”, declarou outro.


Publicidade