Publicidade

Estado de Minas STREAMING

DOM: drama policial brasileiro é aposta da vez na batalha do streaming

Na acirrada disputa pela preferência do público, as plataformas de streaming investem em conteúdos originais. A série nacional DOM é a novidade da Amazon


08/06/2021 06:00

Série DOM é opção brasileira no cardápio de streaming(foto: Amazon Prime Video/Divulgação)
Série DOM é opção brasileira no cardápio de streaming (foto: Amazon Prime Video/Divulgação)

Se antes bastava uma assinatura de TV a cabo para que você pudesse assistir às séries e filmes de seu interesse, agora, com o crescimento das plataformas de streaming, o acesso ao conteúdo está totalmente fragmentado.

Cada empresa disponibiliza um acervo diferente e a produção de conteúdos originais se tornou um fator de diferenciação para quem atua neste segmento. Netflix, Amazon e Disney são os atuais protagonistas desta corrida do entretenimento audiovisual.

 

Pioneira, a Netflix segue na liderança, mas os movimentos recentes da Amazon sinalizam sua intenção de competir fortemente para posicionar o Prime Video no coração do público. Para se ter uma ideia, no final de maio, a gigante da tecnologia adquiriu o centenário estúdio MGM, com um acervo de filmes e séries que já conquistou mais de 180 Oscars e 100 Emmys.

 

Agora, o Prime Video deu mais um passo para atrair o olhar dos brasileiros e, quem sabe, até do público internacional. Acaba de ser lançada a série DOM, um drama policial produzido por Bruno Silveira, diretor do bem sucedido filme Dois Filhos de Francisco. Baseada em um personagem real, a produção conta a história de Pedro Dom, um jovem da classe média carioca que é seduzido pelo mundo do crime e se torna líder de uma gangue no início dos anos 2000.

 

Boas perspectivas de audiência?

Desenvolver narrativas a partir da tensão social favela e asfalto no Rio de Janeiro costuma ser uma fórmula de sucesso para a indústria do entretenimento. A não indicação de Cidade de Deus ao Oscar de melhor filme internacional em 2002 é considerada uma injustiça tanto pelo público quanto por vários críticos de cinema. A produção foi tão bem recebida globalmente que até hoje permanece na lista dos melhores 25 filmes da história no ranking popular do Internet Movie Database (IMDB).

 

DOM é uma série de 8 episódios com uma boa densidade narrativa. A temporada curta é bem ajustada, pois elimina a barriga do roteiro e propicia um bom ritmo à trama não linear que apresenta a trajetória do pai e do filho em lados opostos na batalha contra as drogas. 

 

Os episódios são bem construídos e fluídos, fazendo com que nem pareçam ter uma hora de duração. O tempo passa rápido e você vai ficar curioso pela sequência. Entretanto, já adianto: a temática é pesada, recomendo um respiro após assistir dois ou três episódios. 

 

O drama familiar, com a alternância de conexão e desconexão entre pai e filho é o ponto alto da série, trazendo a perspectiva emocional dos personagens para o primeiro plano. Mas a série também não vai desapontar os fãs de cenas de ação e violência. É entretenimento na medida certa. E certamente uma boa reflexão sobre os caminhos que nos levam aos desencontros da vida afetiva.

 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade