Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA DO JAECI

Cruzeiro voa em campo, mas as dívidas têm de ser pagas pela SAF

Meu caro Ronaldo, faça sua parte. Cuide das finanças, ajuste o pagamento das dívidas maiores. O clube não pode dar calote nos ex-funcionários


03/07/2022 04:00

Ronaldo, sócio majoritário da SAF do Cruzeiro
Ronaldo, sócio majoritário da SAF do Cruzeiro (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
O Cruzeiro venceu mais uma e chega à impressionante marca de 37 pontos em 15 jogos, ou 45 pontos disputados até aqui, restando quatro jogos no turno e mais 19 no returno, com um total de 69 pontos ainda em disputa. Vejam o que é organização, salários em dia e um técnico sério, pouco badalado e que entende do riscado.

E mais: ter um presidente e dono que foi um dos maiores atacantes do mundo, que identificou o problema assim que assumiu, mandou embora gente que estava contratada para gerir o clube e resolveu bancar um orçamento de R$ 35 milhões anuais, que era o que cabia em seu bolso. 

No campo, jogadores desconhecidos, nenhuma estrela, mas um time bem treinado, ajustado e que joga sempre em busca do gol. Ronaldo Fenômeno, queiram ou não, pondo ou não o dinheiro prometido, os R$ 400 milhões, tem dado resultado, e a torcida está morrendo de amores com o time, que corresponde a cada 90 minutos disputados.

A China Azul, aliás, merece um parêntese por sua força na "Toca 3", leia-se Mineirão, sempre lotada. Uma torcida que sofreu nos últimos dois anos por desmandos, gente incompetente e sem um norte. E ela jamais desistiu. Aguentou todo tipo de humilhação, se propôs a ajudar e tem feito sua parte com maestria.

Uma torcida apaixonada, que causa arrepios nos adversários a ponto de obrigar um dirigente do Sport a dizer: "A torcida deles não para de cantar, de gritar, de fazer um barulho ensurdecedor". 

É verdade. Uma torcida acostumada a ganhar taças, a representar Minas Gerais para o Brasil e para o mundo. Ronaldo pediu 50 mil associados e prometeu contratar um grande jogador. Está na hora de pagar a dívida, pois a torcida ultrapassou as expectativas, passando dos 60 mil associados.

Ronaldo não é de prometer e não cumprir. Podem esperar que coisa boa vem por aí.

Não pode haver euforia, mesmo porque as coisas podem se complicar. Conversei com um grande jurista em BH sobre as pendências jurídicas da SAF e do "Cruzeiro antigo". Ele, que pediu para ter seu nome preservado, disse que seu escritório está lotado de ações contra a SAF, pois os credores entendem que a dívida passa a ser da SAF a partir do momento que houve um comprador. 

E não são dívidas simples. Há vários jogadores que saíram do clube sem receber o que estava acordado. Vale lembrar que Fábio tem mais de R$ 15 milhões para receber. Dedé também cobra algo em torno disso. Fred cobra até mais, e por aí vai.

Na Fifa, são mais de R$ 100 milhões em dívidas, que vão estourar até o fim do ano. É preciso que Ronaldo use seu nome e habilidade para contornar o problema.

O advogado garante que não há como esquecer as dívidas e pagá-las em suaves prestações no "Cruzeiro velho". "Isso não existe. A dívida passa a ser incorporada a SAF, não há como fugir disso. Se for assim, qualquer empresário quebra sua empresa, abre uma nova e esquece as dívidas da empresa que quebrou. Não pode ser assim. Em breve, a Justiça vai ter que dar uma decisão, e ela será favorável aos credores. As SAFs terão que se ajustar e assumir todas as dívidas do clube antigo. Não vejo outro caminho", afirma.

Esse é um problema que Ronaldo terá que resolver, blindando jogadores, comissão técnica e torcida. O time está a nove vitórias da volta a elite, na pior das hipóteses em quarto lugar, pois tem 7 pontos a mais que o vice-líder, 9 a mais que o Bahia e 12 acima do Grêmio.

Uma campanha irretocável, que se continuar assim, vai garantir o clube na elite já no começo de outubro. 

Quase todos os clubes brasileiros devem, e muito. É preciso um pouco de paciência com o Cruzeiro, por tudo o que aconteceu nos últimos tempos. Um clube usurpado em suas finanças, segundo a Justiça, maltratado e humilhado. Aliás, a torcida cobra punição aos culpados. Condenação e devolução do dinheiro supostamente roubado. Caberá à Justiça provar isso e condenar os envolvidos.

Portanto, meu caro Ronaldo, faça a sua parte. Cuide das finanças, ajuste o pagamento das dívidas maiores, ainda que parceladamente. A verdade é que o clube não pode dar calote em seus ex-funcionários. Eles não têm culpa de nada. São profissionais, alguns já empregados em outros clubes, que dedicaram uma vida ao Cruzeiro. 

O goleiro Fábio, por exemplo, é um ídolo da torcida, dedicou sua carreira ao Cruzeiro, dando taças e alegrias. Merece receber cada centavo que lhe é devido.

Não se pode esquecer dívidas ou parcelar no "Cruzeiro antigo", pagando a perder de vista. É preciso compor, ajustar e negociar com os credores. Tenho certeza de que Ronaldo saberá fazer isso também, tão logo a Justiça resolva essa questão das dívidas com o clube e a SAF. 

Enfim, o Cruzeiro faz um voo em céu de brigadeiro e não pode permitir que nenhum fator extracampo interrompa essa campanha maravilhosa, que vai lhe garantir o acesso mais cedo do que o mais otimista dos torcedores esperava. Uma campanha irretocável, que dá gosto de ver!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade