Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA DO JAECI CARVALHO

Na Toca 3, com 60 mil vozes, Cruzeiro chega a 31 pontos

Time azul vai subir com 'os pés nas costas' e é, disparado, a melhor da Série B


16/06/2022 18:53

Edu marcou o primeiro gol do Cruzeiro na vitória sobre a Ponte Preta
Edu marcou o primeiro gol do Cruzeiro na vitória sobre a Ponte Preta (foto: Juarez Rodrigues/EM/DAPress)


O Cruzeiro está absoluto, magnético, imparável. Passou pela Ponte, no Mineirão, ou "Toca 3", com mais de 60 mil vozes o empurrando, chegou aos 31 pontos e está a 10 vitórias e um empate da volta à elite, faltando 26 jogos. 

O time azul vai subir com "os pés nas costas" e é, disparado, a melhor da Série B, e muito melhor do que algumas equipes que disputam a Série A.

A torcida tem sido fantástica e fanática. Mais de 60 mil apaixonados estavam no Mineirão, no feriado, e o dono do clube nos camarotes. Ronaldo Fenômeno estava lá para conferir de perto tudo o que está rolando com seu time.

Líder absoluto da Série B, em busca da volta à elite, o mais rapidamente possível. Pelo que percebi nas minhas redes sociais, a torcida não está muito interessada em construir estádio para o Cruzeiro. 

Já tem a "Toca 3", o Mineirão, que tem atendido muito bem ao clube. E um detalhe meu caro Fenômeno: não precisa se encontrar com o governador, pois quem manda no Mineirão é o Consórcio Minas Arena. Converse com seus dirigentes, e você será bem recebido e conseguirá tudo o que deseja.

Em campo, um time bem estruturado, bem dirigido por Pezzolano, que renovou até 2023. Do outro lado, uma Ponte Preta, 16 pontos atrás do Cruzeiro, quase na zona de rebaixamento, desesperada para sair dessa situação. 

Porém meus amigos e amigas, o Cruzeiro tinha que passar o "carro" pela ponte e faturar mais 3 pontos. Como estava bonito o Mineirão. Azulzinho, como a música de Djavan: "corre e vai dizer para o meu benzinho, que o amor é azulzinho". 

O que a torcida do Cruzeiro tem feito nesta temporada é de arrepiar, de orgulhar. Um amor incomparável. Claro que o time e a campanha ajudam. Nos últimos tempos era um sofrimento só, com gente que de bola na entendia e que se achava demais. Ronaldo é do ramo, da bola, gênio dos gramados. 

Com um time barato e um técnico desconhecido, está fazendo um excelente trabalho.

No gramado a Ponte não estava dando mole. Marcando a saída de bola do Cruzeiro, dificultava as ações do time azul. Mais uma experiência diferente para os jogadores, que estavam acostumados a dar as cartas, desde o começo do jogo. Jajá fazia falta. Ele é o cara que abre as defesas adversárias. 

A Ponte estava mais fechada que boca de bode e fazia um bom jogo, segurando o Cruzeiro e seu ímpeto. O time azul não estava acostumado e ser pressionado, e a Ponte estava melhor, criando até mais chances que o dono da casa. 

Será que a presença de Ronaldo inibiu os jogadores cruzeirenses? Edu marcou um golaço, mas o bandeira, erroneamente marcou impedimento. Caberia ao VAR decidir. O lateral-esquerdo da Ponte dava condição. E o gol foi confirmado. Cruzeiro 1 a 0. Que golaço! "Papai Ronaldo" gostou! E assim terminou o primeiro tempo. Como esses bandeirinhas erram! Na cara do assistente, e ele, mal colocado, quase anulou um gol legítimo! Vergonha a arbitragem brasileira.

O Cruzeiro chegava aos 31 pontos, aumentava sua diferença para os concorrentes e ficava a 10 vitórias e um empate para voltar à elite, na pior das hipóteses, em quarto lugar. Vale lembrar que ainda faltam 25 jogos, 75 pontos em disputa e o time azul sobra na competição. 

A Ponte não jogava mal, ao contrário, mas na "Toca 3" quem dá as cartas é o Cruzeiro. E quando um time está embalado, mesmo jogando mal, o gol acontece. Esse Edu é um baita atacante, artilheiro, com 16 gols na temporada. 

A torcida não parava de cantar e apoiar o time. Queria mais gols, para fechar o feriado com chave de ouro. E o segundo gol veio com Bidu, que tocou para o gol em cruzamento de Geovane. 2 a 0. 

Agora era questão de deixar o tempo passar, para garantir mais 3 pontos. Claro que se desse para ampliar o placar, ótimo, mas, caso contrário, o torcedor estava satisfeito. Que campanha impecável, que ano maravilhoso. Eu fiz um trato com os cruzeirenses que me seguem nas minhas redes sociais, aqui no Estado de Minas e no Superesportes, que quando outubro chegar, já quero var o Cruzeiro garantido, matematicamente, na elite. 

Se continuar nessa toada, não vai haver dúvida. Quanto mais cedo o Cruzeiro subir, mais Ronaldo terá tranquilidade para planejar 2023, pois na elite, é claro que contratações terão de acontecer. 

As receitas serão bem diferentes e o orçamento muito maior que os R$ 35 milhões para essa temporada. Enfim, o Cruzeiro faturou mais 3 pontos, a torcida voltou para casa feliz, com o compromisso de que em cada jogo, vai lotar a "Toca 3". Por isso, muitos cruzeirenses, perguntam: "construir estádio para quê, já temos o Mineirão, a nossa Toca 3".

R10 e RC3

Ronaldinho Gaúcho e Roberto Carlos, com seus amigos, farão um espetáculo no Miami International Stadium, de David Beckham, que também irá jogar. Muitos craques do passado desfilarão por aqui. O jogo será neste sábado às 18h30. Imperdível, principalmente para quem não viu esses craques, nos bons tempos. É uma chance de conhecê-los e entenderem o que é ser craque de verdade!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade