Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Anna aos Domingos

Lançamento de livro


20/12/2020 04:00

Camila Chiari Pentagna Guimarães (foto: Divulgação)
Camila Chiari Pentagna Guimarães (foto: Divulgação)


A empreendedora social Camila Chiari Pentagna Guimarães (foto) começou a pré-venda do seu livro Outros horizontes: O impacto da Covid-19 em comunidades de Belo Horizonte. 
O trabalho convida o leitor a conhecer a realidade do que acontece por trás dos “muros invisíveis” que construímos ao nosso redor. Quem quiser pode adquirir a obra pelo  site www.camilachiari.com.br, com frete grátis. O livro impresso será lançado amanhã. Há mais de 10 anos em atividades do terceiro setor, Camila Chiari, em meio ao caos e ao terror criado pela COVID-19, realizou em suas redes sociais uma campanha para doação de marmitas. “Eu e meus amigos conseguimos entregar 5.000 marmitas em 20 comunidades espalhadas por Belo Horizonte e foi a partir dessa ação que nasceu a ideia do livro, do meu desejo de descrever em palavras a realidade de comunidades que sofreram o impacto do vírus e suas consequências ramificadas em praticamente todas as áreas da vida. Um olhar leigo de quem conheceu os sentimentos que estão por trás daqueles que muitos só conhecem por manchetes de jornal “, explica a escritora.
 
NATAL
Jornada Solidária

No último dia 10 de dezembro, a Jornada Solidária Estado de Minas entregou os presentes de Natal para as crianças, nas 13 creches beneficiadas. E as creches já se mobilizaram para fazer a entrega para as famílias. Como o número de famílias foi muito alto, não foi possível dar cestas básicas a todas as creches, mas amanhã serão entregues as cestas para as creches sorteadas. Assim que tudo for entregue para as famílias, a equipe da Jornada fará um anúncio com as fotos das entregas. As imagens dos presentes chegando nas creches podem ser vistas no Instagram do programa de responsabilidade social dos Diários Associados (Minas @jornadaem), em destaque.

***

Na terça-feira, a equipe de marketing do BH Shopping fará a entrega dos presentes arrecadados com a campanha Árvore do Bem, que o mall faz pelo terceiro ano consecutivo, beneficiando sempre as creches da Jornada Solidária Estado de Minas.
 
Flávia Roscoe, Eduarda Correa, Malu Amorim e Lais Albergaria, que faz aniversário no dia de Natal(foto: Marcos Vieira/em/d.a press)
Flávia Roscoe, Eduarda Correa, Malu Amorim e Lais Albergaria, que faz aniversário no dia de Natal (foto: Marcos Vieira/em/d.a press)
 


DOAÇÃO
para o SAMU

A Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) doou equipamentos novos, como respiradores, desfibriladores, acessórios e outros utensílios médicos, para várias unidades do Samu. A entrega foi formalizada na última quarta-feira, na sede da Fiemg. Segundo o presidente da Federação, Flávio Roscoe, os equipamentos doados ajudarão os profissionais a trabalhar no dia a dia, especialmente durante a pandemia, já que as unidades têm sido mais demandadas.

CURSOS
esgotados

Todas as turmas para os cursos de dezembro da Academia do Café estão esgotadas, e como a procura continua grande, o jeito foi abrir agenda para janeiro. Os interessados poderão escolher entre os cursos de métodos de extração, níveis de barista, torra, classificação e degustação e análise sensorial. A programação presencial conta com 12 opções de cursos. Mais informações em www.academiadocafe.com.br.
 
Marco Antônio de Castro Veado e Mirelle, Cibele Novaes e Ildeu Koscky(foto: Marcos Vieira/em/d.a press)
Marco Antônio de Castro Veado e Mirelle, Cibele Novaes e Ildeu Koscky (foto: Marcos Vieira/em/d.a press)
 

TURMA DA MÔNICA
transformando vidas

Por acreditar que todos podemos contribuir para uma sociedade melhor, a Mauricio de Sousa Produções se uniu à instituição Amigos do Bem para mudar milhares de vidas no sertão nordestino. Os personagens estamparão sacolas ecológicas produzidas por mulheres de comunidades carentes do sertão, e apresentam quatro estampas diferentes combinando cores e expressões da Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão. Os produtos são 100% solidários e feitos com PET reciclado nas oficinas de costura do projeto. Além de boas para o meio ambiente, as sacolas geram renda para centenas de mulheres e suas famílias, impulsionando o desenvolvimento de locais extremamente pobres do nosso país. Toda a renda gerada com a venda dos produtos será destinada à educação de milhares de crianças carentes do sertão. São mais de 10 mil crianças e jovens que recebem educação pelo projeto Amigos do Bem. 
 
Automobilismo
premium

Já saiu da gráfica a segunda edição da revista Avantgarde Universe, uma iniciativa da Avantgarde Concept Store, especializada em automotivos, publicação que conversa com os diversos segmentos do mercado premium e é editada pela jornalista Heloisa Aline.
 
MÚSICA PARA TODOS
termina hoje

O projeto “Música para Todos” chega à sua última edição de 2020, hoje, às 19h, com apresentação no Grande Teatro do Sesc Palladium. Realizada pela Cervejaria Albanos com parceria cultural do Sesc em Minas, a live conta com os artistas mineiros Borba, Nêga Kelly, Raquel Coutinho e Auder Jr., com apresentação de Henrique Portugal e participações especiais de Cláudio Venturini e Podé Nastácia. O show on-line será transmitido nos canais do Youtube do Sesc em Minas Gerais e da Cervejaria Albanos. Durante a transmissão, o público poderá fazer doações para o Programa Mesa Brasil Sesc, que, desde 1994, atua no combate à fome e ao desperdício de alimentos no Brasil e transforma a vida de crianças, jovens, adultos e idosos em todo o país. https://www.youtube.com/channel/UC6pOjE_fW30IiikwZY1O6iA ou youtube.com/Cervejaria
AlbanosdoBrasil

PRESÉPIO DA FIAT
em exposição

O papel kraft e o papelão são os grandes astros do presépio 2020 que a Casa Fiat de Cultura expõe, através de uma vitrine, até 6 de janeiro. A base principal é a reciclagem de resíduos e a curadoria é de Léo Piló, que homenageia a simplicidade ao valorizar as pessoas comuns que transformam o mundo. Mais de 400 peças em material reciclado compõem o cenário. A cena foi organizada em três planos diferentes: no primeiro, pequenas peças coloridas, em homenagem às crianças; no segundo, os personagens da Sagrada Família; e, ao fundo, a mata de coqueiros e bromélias que representa o Brasil e aproxima a tradicional cena de Natal de nossa realidade. O ambiente também é composto por colunas com referências gregas e romanas, que simbolizam a tradição e o passado. O desgaste das colunas representa a superação desse tempo que não existe mais, anunciando que uma nova era está por ser descoberta e vivida. A trilha é do violeiro Chico Lobo.
 
Moda Show 
em Minas

Em um ano complicado para a moda como este, Taciana Teodoro, da Top Agency, pode comemorar, porque conseguiu emplacar seus eventos no mercado. O último deles foi o Moda Show Minas, realizado em formato virtual e presencial, na Casa do Sol, no Cidade Nova. Com plateia mínima no interior, os outros convidados puderam assistir aos desfiles de moda kids e teen do lado de fora, dentro dos carros, por meio 
de telão colocado no estacionamento. Cerca de 25 marcas participaram e tudo foi gravado para ser conferido no YouTube da agência.

TRICENTENÁRIO
história detalhada

Uma beleza o livro Minas Gerais: 300 anos (Editora Idea), lançado pelo Instituto Histórico e Geográfico em trabalho coordenado por Adalberto Mateus e Márcia Duarte dos Santos, no qual é esmiuçado o período de criação do nosso estado. A obra tem apresentação impecável, toda em papel couché, capa dura e lombada em tecido – precioso como o tema abordado. O lançamento foi feito no Palácio das Artes, com a presença do vice-governador, Paulo Brant, e de poucos convidados – por causa da pandemia. Detalhe importante é que foi elaborado sem lei de incentivo, e sim por patrocínio espontâneo. Entre os que apoiaram estão a MRV, Grupo BMG, Direcional e o escritório de advogados Jasa.

IMIGRANTES
cooperação produtiva

A contribuição dos imigrantes para o crescimento de qualquer país é algo sabido e vivido. Nesses tempos de xenofobia gratuita, vale recorrer ao caso das vacina anti-covid-19 para ilustrar sua importância. Consta que o criador da vacina produzida pela Pfizer /BioNtech, Ugur Sahin, é ex-refugiado turco na Alemanha, e inclusive, junto com a esposa, Oezlen Tureci (também filha de médico turco), está na lista dos 100 mais ricos da Alemanha. Da mesma forma, o fundador da Moderna Biotec Company, Noubar Afeyan, que criou outra vacina contra o terrível vírus, é um imigrante libanês. A informação, divulgada pelo presidente da Fuliban, Frederico Aburachid, veio em boa hora.
 
SUPRESSÃO
eufemismo verde

Com o crescimento do disse me disse político em torno das questões ambientais do país, parece que os elaboradores de projetos de mineração e relatórios empresariais recorreram à riqueza da língua portuguesa para camuflar o assunto. Cada vez se ouve falar mais em ‘supressão vegetal’ do que em desmatamento, erradicação do manto vegetal, corte de árvores e por aí afora. O eufemismo da nova expressão anti-verde deixa a devastação de áreas gigantescas parecendo um belo trabalho de topiaria no jardim da nossa casa. Como o tema envolve cifras bilionárias, vale tudo.

VARIÁVEIS POLUENTES:
carros

A turma preocupada com o meio ambiente e produção sustentável está se sentindo ludibriada – em grande estilo. O fato é que a tal emissão zero dos carros elétricos  (principal mote de venda desses veículos) foi solenemente desmentida por pesquisadores alemães – que são imbatíveis quando se fala em máquinas. Segundo eles, a poluição e os efeitos colaterais provocados na elaboração das baterias que alimentam os carros (geração da energia consumida, mineração de elementos para estabilização, etc. etc.) são tão nocivos quanto o combustível fóssil. Como as vendas de carros elétricos (em alguns países) já se aproximam dos carros movidos por diesel & afins, o problema ainda rende assunto.
 
FILARMÔNICA
temporada 2021
 
A Filarmônica de Minas Gerais anunciou a programação da temporada 2021 e sua campanha de assinaturas, por meio da qual o público poderá adquirir, antecipadamente, ingressos para todo o ano. A assinatura dá acesso a cinco séries de concertos: Presto e Allegro (realizadas às quintas-feiras), Veloce e Vivace (realizadas às sextas-feiras) e Fora de Série (aos sábados). Até 22 de dezembro, os assinantes poderão renovar seus laços com a orquestra, e a partir de 11 de janeiro novas assinaturas estarão disponíveis para quem quiser se tornar assinante da filarmônica. Segundo o maestro Fabio Mechetti, diretor artístico e regente titular da orquestra, três celebrações importantes nortearam boa parte do repertório escolhido: os 50 anos da morte de Stravinsky, os 100 de Camille Saint-Saëns, e os 125 de Carlos Gomes. Outra novidade, conta ele: “Em respeito ao público e aos assinantes, vamos repetir as sinfonias de Beethoven ao longo da temporada 2021. A 9ª Sinfonia, obra de Beethoven sempre esperada, será apresentada pela Filarmônica de Minas Gerais em concerto especial, fora da programação de assinaturas. As datas serão anunciadas mais tarde”. A abertura da temporada 2021 será em 4 e 5 de março, em concerto regido pelo maestro Fabio Mechetti, e que terá como solista o principal contrabaixista da orquestra, Neto Bellotto. O programa terá a célebre e revigorante Quinta sinfonia de Beethoven e o desafiador Concerto nº 1, de Bottesini, nos 200 anos do compositor italiano.

PRISCILA FREIRE
convida

Sempre ligada às artes, com uma coleção particular de quadros preciosa, Priscila Freire convidando para solenidade no Instituto Chácara Santa Eulália (Icseu), criado por ela e que termina o ano com uma bela parceria com a Escola Guignard (Uemg) e o centro cultural do bairro São Bernardo. O tema é a cerâmica, e ao contrário do grafite, os muros da chácara serão revestidos com placas de cerâmica criadas por artistas e frequentadores do centro cultural do bairro São Bernardo, sob a orientação das professoras Lorena D’Arc, Claudia Renault e Júnia Penna. Começa no dia 19 e estará aberto à visitação “agora e para sempre, pois pretendemos que o trabalho permaneça e continue por mais 100 metros”.
 
FAKE MEAT
parece mas não é

Com o crescimento do mercado vegano (dizem que já significa 14% dos consumidores nacionais), também crescem as ofertas no setor. Para quem não dispensa (pelo menos) a ilusão de estar comendo um belo e suculento churrasco gaúcho, a boa notícia é que foram criadas também as linha flexitarianas, isto é, parece mas não é. No caso dos churrascos, a gordurinha da picanha é feita com massa de grão-de-bico e a ‘carne’ leva até beterraba. Marcas conhecidas de carnes superiores também entraram na briga. Para a coisa parecer mais bacana, passaram a chamar essa produção de fake meat – a carne falsa.
 
LIVRO
sobre aventura

O brasileiro Filipe Masetti Leite, que cruzou a América a cavalo, lança o segundo livro de sua jornada, Cavaleiro das Américas rumo ao fim do mundo. O aventureiro, que percorreu 12 países movido por um sonho de infância, também se prepara para lançar filme e documentário em 2021. Filipe foi embaixador do maior rodeio do mundo e tem duas estátuas em sua homenagem no Brasil. A obra, publicada pela editora Ex Parte Press, traz detalhes da segunda viagem, de Barretos, no Brasil, a Ushuaia, na Argentina.
 
TELEVISÃO
funcionário amargurado

Pelo visto, o Boni (para quem já não se lembra quem é a figura, vale lembrar que é o ex-todo-poderoso da Globo) continua fiel ao seu estilo agressivo. Em recente entrevista, disse que Silvio Santos não acrescentou nada à TV brasileira – o que é uma inverdade. Certamente, é uma opinião de ex-funcionário global, ainda amargurado com sua demissão e saudoso da glória temporária de que desfrutou. Enquanto isso, o apresentador e empresário Silvio Santos  continua à frente de seus negócios – e reinventando a TV brasileira para enfrentar os novos tempos de mídias sociais, com sucesso. Sobrevivência televisiva é para poucos.
 
Moda 
e fotografia

Com projeto expográfico do arquiteto Alex Rousset, foi inaugurada, na semana passada, a mostra Arquivo urbano: 100 anos de fotografia e moda no Brasil, em cartaz no Museu da Moda de Belo Horizonte. Cerca de 120 fotos compõem a exposição, cujo olhar se debruça sobre os hábitos e costumes dos brasileiros refletidos no modo de viver, de vestir e no comportamento. A curadoria é da artista plástica Jussara Romão, que passou por várias publicações relacionadas com a moda em São Paulo, entre elas a revista Elle. A visitação tem que ser agendada no site da prefeitura devido à pandemia.


POR AÍ...

O estilista Eduardo Amarante inicia fase nova em sua carreira com o lançamento da grife Amarante, em evento marcado para o inicio do ano. Ele informa que em seu novo projeto, manterá o conceito mais atemporal e sustentável e terá o desafio de alcançar um público plural - sem perder acaracterística luxuosa do DNA do estilista. Outra novidade é que a nova marca já passa a integrar o grupo La Moda (comandada pelos irmãos Hugo, Bruna e Bianca Olivo), que faz parte da holding à qual pertence a marca Lança Perfume.

A relação das marcas com maior valor no mercado brasileiro, em 2020, foi divulgada com algumas surpresas. A primeira é que a única marca de moda citada entre as 20 principais é a rede Renner. Por outro lado, a Natura entrou entre os cinco primeiros – única na área de beleza. Já a liderança absoluta continuou puxada por um banco, o Itau/Unibanco.

Noticia de última hora informa que a Santista Textil (que já foi a maior produtora de jeans do pais) novamente mudou de mãos. Depois de pertencer ao grupo Alpargatas e, posteriormente, ser vendida aos mexicanos agora foi comprada por um grupo formado por 21 investidores brasileiros. A holding  proprietária leva o nome de GBPK. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade