Publicidade

Estado de Minas Mercado S/A

Empresários esbanjam otimismo com reação da economia

Companhias aéreas, que sofreram na pandemia, confirmam a expectativa de uma alta temporada com boom de viagens e até demanda superior à oferta de hotéis


15/06/2021 04:00 - atualizado 15/06/2021 07:09

Aumento da imunização e alta temporada devem favorecer viagens aéreas, na avaliação das companhias(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press 28/5/21 )
Aumento da imunização e alta temporada devem favorecer viagens aéreas, na avaliação das companhias (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press 28/5/21 )

Nos últimos dias, empresários de diversos setores reforçaram o otimismo com a recuperação econômica. Presidente do Conselho de Administração da Península Participações e membro do Conselho de Administração do Grupo Carrefour, Abilio Diniz disse em entrevista ao site Mercado&Consumo que “o momento não é de retomada, mas de explosão da economia.”

Na mesma linha, Leonel Andrade, presidente da CVC, maior operadora de turismo do país, destacou que a volta à normalidade vai coincidir com a alta temporada. Segundo o executivo, o resultado será um “boom de viagens (foto) a ponto de provocar a falta de hotéis e aviões”. As companhias aéreas, que sofreram horrores na pandemia, confirmam a expectativa.

“Estamos posicionados para um crescimento significativo dos lucros, na medida em que o aumento da imunização e o início da alta temporada impulsionam o crescimento da demanda por viagens aéreas”, disse o presidente da Gol, Paulo Kakinoff. Como se vê, a economia parece pronta para decolar.

 
(foto: Reprodução/Procter&Grambler 24/1/18)
(foto: Reprodução/Procter&Grambler 24/1/18)
 

''Daqui pra frente, marcas e empresas deverão se posicionar mais. O consumidor está exigindo uma mudança de postura''

Juliana Azevedo, presidente da P&G no Brasil

 

12,4%


foi quanto aumentou o consumo de energia elétrica no Brasil em maio, na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). O número confirma a retomada econômica.

Mudanças climáticas ameaçam agronegócio


Estudo realizado pelo International Centre for Trade and Sustainable Development (ICTSD), instituto que se dedica ao desenvolvimento de projetos sustentáveis, calculou os danos financeiros provocados pelas mudanças climáticas no agronegócio. Todos os anos, US$ 10 bilhões são perdidos como resultado de secas prolongadas ou chuvas excessivas. O cenário pode piorar. Se nada for feito por empresas, produtores e comunidade científica, os prejuízos anuais chegarão a US$ 30 bilhões.

Na Volkswagen, Caminhões ligados na tomada


Após longo período de testes, a alemã Volkswagen produzirá caminhões elétricos em série no Brasil. Com o sugestivo nome de e-Delivery, o veículo de 11 toneladas é fruto de investimentos que chegaram a R$ 150 milhões para a adaptação da fábrica em Resende (RJ). O primeiro cliente do projeto é a cervejaria Ambev, que encomendou 100 unidades para entrega ainda em 2021, além de outras 1.600 que serão despachadas até 2023. Depois de carregado, o e-Delivery tem autonomia para 200 quilômetros.
 

“Motociata” provoca discussão entre empresários


Dois empresários discutiram feio em um grupo de WhatsApp por um motivo tolo: o passeio de moto do presidente. Um admirador de Bolsonaro, que atua no ramo de confecções, compartilhou várias notícias com números exagerados sobre o número de integrantes da “motociata”. Ele foi confrontado por dados mais realistas transmitidos por um executivo do ramo de moda que é crítico do presidente. O curioso é que os dois profissionais são parceiros de negócios, mas nem isso evitou a troca de farpas.
 

RAPIDINHAS


» Agora vai? O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse em live organizada pelo portal jurídico Jota que vai colocar em votação no plenário a medida provisória que abre caminho para a privatização da Petrobras. Vale lembrar que o texto precisa ser aprovado no Congresso até dia 22 para não perder a validade.
 
 
 
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press 18/9/18)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press 18/9/18)
 
» A Sabesp, companhia de águas e de saneamento de São Paulo, confirmou que seu acionista controlador, o governo de São Paulo, realiza uma série de estudos para a privatização da empresa. Há pelo menos um ano, o secretário de Fazenda do governo paulista, Henrique Meirelles (foto), vem prometendo que a Sabesp passará à iniciativa privada.
 

» Uma piada no mercado financeiro diz que, se o BTG Pactual passar uma semana sem fazer aquisições, algo muito errado deve ter ocorrido. Exageros à parte, o banco não para de ir ao mercado. Ontem, anunciou a compra de participação minoritária na gestora de recursos Perfin, que tem R$ 20 bilhões sob gestão. O valor do negócio não foi revelado.

» É surpreendente a velocidade de transformação do e-commerce. O Mercado Livre passou a operar o serviço de entrega de encomendas no mesmo dia para a Grande São Paulo e regiões metropolitanas de Florianópolis (SC) e Salvador (BA). O serviço vale para compras a partir de R$ 79 feitas até as 11h.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade