SIGA O EM

Délio Malheiros (PSD) quer armar todos os guardas municipais de Belo Horizonte

Em campanha no Padre Eustáquio, candidato a prefeito apontou a medida como uma das formas de ajudar a combater a violência na capital mineira. Atualmente, apenas 350 dos mais de 2 mil guardas portam armas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1067772, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Jair Amaral/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': 'Acompanhado do prefeito Marcio Lacerda (PSB), D\xe9lio Malheiros cumprimentou eleitores e pediu votos a eleitores no Padre Eust\xe1quio', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/08/29/798625/20160829143803769608a.delio-jairamaral', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 29/08/2016 14:29 / atualizado em 29/08/2016 14:41

Isabella Souto /

Jair Amaral/EM/D.A Press
 

O vice-prefeito de Belo Horizonte Délio Malheiros (PSD) anunciou nesta segunda-feira que, se eleito em outubro, pretende armar todos os 2.090 guardas municipais hoje em exercício na capital. Atualmente, 350 homens usam armas.


“A ideia é aumentar o efetivo e qualificar a todos para portar armas de fogo”, afirmou o candidato a prefeito, ao comentar sobre o combate à violência no bairro Padre Eustáquio, na Região Noroeste de BH, local escolhido por ele para fazer campanha nesta segunda-feira.

O prefeito Marcio Lacerda participou da caminhada pelo comércio local e sugeriu que Délio realize uma consulta popular sobre a fonte de recursos para custear um aumento do efetivo para cerca de 4 mil guardas municipais.

Isso porque, em razão do aperto no caixa, a verba terá que sair de outro setor. “A cidade precisa decidir de onde tirar recursos para aumentar o investimento na Guarda Municipal”, afirmou Lacerda.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Diego
Diego - 29 de Agosto às 18:47
Riardo continua na torcida contra a GM. Isso mostra o quanto pensa pequeno.
 
Diego
Diego - 29 de Agosto às 18:45
Não vai mudar nada o serviço da GM. Hoje tem 350 portando arma da instituição mas todos podem portar sua arma particular sem problemas. Como acontece no sistema prisional. Tem gente q acha q vai virar bagunça, mal sabe o que ta falando. A culpa da criminalidade não pode ser atribuído somente às instituições de segurança pública mas sim ao estado como um todo, inclusive você cidadão.
 
ricardo
ricardo - 29 de Agosto às 17:49
fazer serviço de policia e atribuição do estado nao do municipio.imagina toda cidade do brasil resolver criar uma policia chamda de guarda munixipal,que bagunça que vai virar,
 
ricardo
ricardo - 29 de Agosto às 17:47
enquanto esse candidato fala em arma a gm de bh,transformando numa guarda pretoriana do prefeito,a justiça de sao paulo em duas cidades proibiu a gm de fazer qualquer abordagem a qualquer pessoa,dizendo que não é atribuição de gm,e inclusive o stf vai julgar logo esse estatuto das guardas, ai eles terao que fazer o serviço que devem fazer