SIGA O EM

Mineiros que ficaram em aeroporto de Miami por três dias devem voltar a BH

O grupo de 50 pessoas devem embarcar na noite desta terça-feira com destino ao Rio de Janeiro. Em seguida, turistas seguem para BH

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1062440, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Facebook/Reprodu\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': 'M\xe3es usam perfil de ag\xeancia de turismo em uma rede social para cobrar respostas ', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/08/02/790400/20160802184632797640i.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 02/08/2016 18:38 / atualizado em 02/08/2016 20:56

João Henrique do Vale , Carolina Mansur , Cristiane Silva

Facebook/Reprodução

O grupo de adolescentes mineiros que ficou mais de 50 horas aguardando no Aeroporto Internacional de Miami para voltar a Belo Horizonte deve deixar os Estados Unidos na noite desta terça-feira. Segundo a companhia American Airlines, os estudantes vão deixar o terminal no voo AA 905, com destino ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, com conexão para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A previsão de chegada é às 11h20 (horário de Brasília) desta quarta-feira.

A saga dos jovens começou no último sábado. O grupo estava em Nova York e seguiria viagem para Miami, de onde partiria para Belo Horizonte. Segundo Sérgio Fulgêncio, diretor da Greentours, agência responsável pela viagem, o primeiro voo sairia às 17h20 do terminal nova-iorquino, porém, por causa do mau tempo, decolou às 19h33. “O avião pousou 22h45, sendo que a outra aeronave partiu para o Brasil às 22h10. No dia, estava havendo uma tempestade, inclusive com aviso de enchente. Não levantou voo antes por motivo de segurança”, afirmou.

No perfil da empresa no Instagram, mães usaram uma das postagens para cobrar respostas sobre a situação dos filhos nos EUA. “Notícias do grupo 4 pelo amor de Deus. @greentours, é o mínimo ter um pouco de consideração!”, pediu uma das mulheres. “Concordo. To mt preocupad. (sic) Sem notícias do grupo 4 até agora. Não estou entendendo essa empresa. Quero notícias da minha filha!!!!!”, afirmou outra mãe.

Um pai de Belo Horizonte também procurava notícias da filha e reclamou da situação e da American Airlines. “Mais uma vez uso está instância para falar sobre o desrespeito de empresas com seus clientes”, postou no Twitter. “Minha filha está nos USA com um grupo da Greentours, com volta prevista para domingo (ontem), até agora não embarcaram e sem previsão."

O diretor da agência informou que prestou assistência aos adolescentes e que os pais foram avisados da situação. “Desde os primeiros minutos, os adolescentes estão em um hotel pago pela Greentours dentro do terminal. Pagamos passeios em Miami, fomos à farmácia comprar pasta de dente, desodorante, cuecas, calcinhas e meias para todos, entre outros produtos de higiene. Os pais já receberam mais de 20 mensagens no Whats App enviadas para cada um individualmente, com tudo que está sendo feito. Sem mentiras”, garantiu Sérgio.

Segundo ele, os três monitores da empresa que estavam com o grupo receberam o apoio dele e de um outro diretor que estava em Nova York. “É uma situação complicada, porque é alta temporada e muitos voos estão cheios de americanos embarcando para o Brasil, por isso não conseguiam realocar os passageiros”, comentou o diretor.

Na tarde desta terça-feira, um novo voo foi encontrado para transportar os adolescentes. “Os passageiros que tinham conexões em Miami para o aeroporto internacional de Belo Horizonte foram reacomodados e partem no voo AA 905 de hoje, com destino ao aeroporto internacional do Rio de Janeiro e conexão para Confins, programado para às 11h20 (Horário de Brasília). Todos os passageiros estão recebendo assistência”, disse a American Airlines.

A empresa explicou que o voo AA 1366, de 30 de julho, do Aeroporto de LaGuardia, em Nova York, com destino Aeroporto internacional de Miami, sofreu atraso devido ao mau tempo. A empresa informou que todos os voos para o Brasil estão operando com total capacidade.

 

(RG)

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600