SIGA O EM

Corpo é reconhecido e número de vítimas da tragédia de Mariana sobe para 17

Restos mortais encontrados em caminhão em área atingida por rompimento de barragem é de Vando Maurílio dos Santos, que trabalhava em uma empresa terceirizada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 974549, 'arquivo_grande': '', 'credito': '\xc1lbum de fam\xedlia', 'link': '', 'legenda': 'Vando Maur\xedlio dos Santos, de 37 anos', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2015/12/16/717827/20151216132611910865e.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 16/12/2015 13:18 / atualizado em 16/12/2015 13:32

Cristiane Silva


A Polícia Civil confirmou, na tarde desta quarta-feira, que o corpo localizado ontem na área atingida pelo rompimento da barragem da Samarco é de Vando Maurílio dos Santos, de 37 anos. Ele era funcionário da Integral Engenharia Ltda, que prestava serviços à mineradora, e estava na lista de desaparecidos da tragédia de Mariana, na Região Central de Minas.

O corpo foi localizado pelos bombeiros dentro da cabine de um caminhão perto da Barragem do Fundão, em Bento Rodrigues. Com o reconhecimento, sobe para 17 o número de mortos pela avalanche de lama.

Seguem desaparecidos Edmirson José Pessoa, de 48, funcionário da Samarco, e Ailton Martins dos Santos, de 55, da Integral Engenharia. Ainda segundo a polícia, o inquérito do delegado Regional de Ouro Preto, Rodrigo Bustamante, está em seu terceiro volume e até o momento 53 pessoas foram ouvidas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600