Publicidade

Estado de Minas PARA 2022

1º lote da picape Ford Maverick chega ao Brasil e antecipa sua configuração

Modelo deve ser vendido por aqui na versão Lariat. Conjunto mecânico mais provável traz motor 2.0 de 240cv, câmbio automático de 8 marchas e tração integral


30/10/2021 04:00 - atualizado 24/11/2021 10:17

 

 
 
A Ford anunciou que o primeiro lote das picapes Maverick acabam de desembarcar no porto de Vitória, no Espírito Santo. Mas, calma! Vindo do México, o modelo ainda não está à venda no Brasil. Esses veículos serão usados em ações que antecedem seu lançamento, marcado só para meados de 2022. As picapes chegaram apenas na versão de topo Lariat FX4, com características exclusivas para o mercado brasileiro. De acordo com a Ford, as especificações técnicas do veículo serão divulgadas mais próximo ao lançamento.
 
Como no México, a expectativa é de que no Brasil não haja a opção de motorização híbrida, disponível de série nos Estados Unidos. O conjunto mecânico mais provável é o mesmo do Ford Bronco Sport: motor 2.0 Ecoboost, com 240cv de potência e 48kgfm de torque, câmbio automático de oito marchas e tração integral sob demanda.
 
Construída em monobloco, a picape usa a mesma plataforma do Bronco Sport. Já a suspensão traseira deve trazer a sofisticada configuração multilink. Tudo muito bom, mas, mesmo fabricada no México (sem imposto de importação), não espere nenhuma barbada no preço.

INTERMEDIÁRIA Para quem não estava acompanhando, a Maverick é uma picape de porte intermediário, segmento que já tem a Fiat Toro e a Renault Oroch, e ainda vai ganhar novos representantes, como a Volkswagen Tarok e a Hyundai Santa Cruz (menos provável).
 
Porém, a nova picape da Ford é maior que a Toro, referência no segmento. As dimensões da Maverick são 5,07 metros de comprimento (13cm a mais que a futura rival brasileira), 1,84m de largura (mesma medida), 1,74m de altura (7cm a mais) e 3,07m de distância entre-eixos (8cm a mais). A título de comparação, a média Ranger tem 5,35m de comprimento e 3,22m de distância entre-eixos.
 
Já as linhas da Maverick são semelhantes às demais picapes da marca, com o capô elevado, porte robusto, faróis em formato de C e o nome do modelo em baixo-relevo na tampa da caçamba. O compartimento de carga tem 943 litros de volume, com capacidade para transportar 680 quilos.
 
O visual interno da picape é mais rústico, com algumas cabeças de parafuso aparentes. A tela da central multimídia é de oito polegadas. O interior do Maverick traz o mesmo volante, quadro de instrumentos com tela configurável de 6,5 polegadas e botão giratório que comanda do câmbio do Bronco Sport.
 
O pacote de segurança básico tem sete airbags, controle de estabilidade e frenagem automática de emergência. Existe boa chance de a versão montada para o Brasil trazer de série sistemas semiautônomos, como assistente de permanência em faixa, controle de cruzeiro adaptativo e alerta de ponto cego. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade