Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Sem noção!

Sexta geração do Hyundai Azera chega ao Brasil por astronômicos R$ 269.900, muito mais caro que concorrentes diretos como o Ford Fusion, Honda Accord e Toyota Camry


postado em 29/06/2019 04:12

Visual do sedã grande ficou mais esportivo, com linhas fluidas, vincos bem marcados e rodas de 19 polegadas; no interior, destaque para o reógio analógico ao lado do display de oito polegadas(foto: Hyundai/Divulgação)
Visual do sedã grande ficou mais esportivo, com linhas fluidas, vincos bem marcados e rodas de 19 polegadas; no interior, destaque para o reógio analógico ao lado do display de oito polegadas (foto: Hyundai/Divulgação)



A Hyundai lança no Brasil a sexta geração do Azera, que chega importado pela Caoa por R$ 269.900. O preço é assustador, não apenas porque o sedã grande já teve boa relação custo/benefício por aqui, mas também por estar muito acima dos concorrentes. O visual do novo Azera ficou mais esportivo – com linhas fluidas, vincos marcados e rodas de 19 polegadas – e tecnológico, com faróis full LED, mas ainda mantém resquícios de seu passado “tiozão”, como o excesso de cromados.


O interior é confortável, com bancos revestidos em couro, ar-condicionado digital de dupla zona e teto solar panorâmico. Os bancos dianteiros contam com ajustes elétricos, refrigeração, aquecimento, regulagem lombar elétrica e memória. O painel também ganhou acabamento em couro. Teto, coluna e para-sóis são revestidos em camurça. O visual interno é bastante limpo, com destaque para o relógio analógico ao lado da tela de oito polegadas da central multimídia. O painel de instrumentos tem display de 4,2 polegadas entre os mostradores analógicos.

SOB O CAPÔ O motor V6 3.0, com injeção direta de combustível (gasolina), tem 261cv de potência a 6.400rpm e 31kgfm de torque a 5.300rpm. O câmbio automático tem oito marchas e seletor de modos de condução, que vão do modo que prioriza a redução do consumo de combustível até o que favorece o desempenho do veículo, deixando subir as rotações e trocando marchas rapidamente.

CONTEÚDO O modelo chega ao Brasil em versão única, Exclusive, com chave presencial para destravar as portas e dar a partida do motor por botão, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, cortina retrátil elétrica no vidro traseiro e manuais nos vidros laterais, retrovisores externos com antiembaçante e eletricamente rebatíveis, volante com regulagem manual em altura e distância. O sistema multimídia tem conectividade com smartphone (Android Auto e Apple CarPlay), carregamento de celulares sem fio e sistema de som premium.


No pacote de segurança, a Hyundai destaca o alerta de ponto cego, que, por meio de sensores instalados no para-choque traseiro, detecta a presença de veículos e emite alerta visual (uma luz no espelho retrovisor externo) e sonoro. Mas o modelo também traz airbags frontais, de cortina e de joelho, controle eletrônico de estabilidade e de tração. Um sistema de câmeras gera uma imagem de quase 360 graus ao redor do veículo, facilitando as manobras. O freio autônomo de emergência detecta a possibilidade de uma colisão e é capaz de parar automaticamente o veículo, após emitir alerta ao condutor. Ainda entre as funções autônomas está o controle de velocidade de cruzeiro adaptativo.

CONCORRENTES É um bom pacote de conteúdo, mas isso não é tudo. Para situar o quanto o novo Azera está mais caro que seus principais concorrentes, o Ford Fusion é vendido a partir de R$ 149.900, o Honda Accord por R$ 204.900 e o Toyota Camry a R$ 206.200. O preço também traz ao ringue os sedãs médios alemães Mercedes-Benz Classe C, BMW Série 3 e Audi A4, que gozam de mais status e trazem mais “pegada”.


Publicidade