Continue lendo os seus conteúdos favoritos.
Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Novo Versa chega em 2020


postado em 20/04/2019 05:08

(foto: Nissan/Divulghação)
(foto: Nissan/Divulghação)



Desde que foi lançado no Brasil, em 2011, o Nissan Versa nunca passou por mudanças significativas. Há oito anos, o modelo chamou a atenção principalmente devido às dimensões, semelhantes às dos carros médios, o que até forçou a evolução dos sedãs da “prateleira” de cima. Porém, com a evolução do mercado e a ascensão do subsegmento dos compactos premium, o Versa ficou para trás. Mas as coisas podem mudar em breve. A Nissan apresentou a nova geração do modelo para o mercado norte-americano, que deve ser lançada no Brasil em 2020, importada do México.

A terceira geração do Nissan Versa pretende redefinir o segmento dos compactos no mercado americano, onde será lançado ainda este ano. O sedã está mais longo, mais largo e mais baixo, proporções que deixam até uma máquina de lavar roupas mais agressiva e esportiva. O modelo ganhou a atual linguagem de design da marca, denominada “Emotional Geometry”, que compreende a grade em V (V-motion), faróis e lanternas em formato de bumerangue e a faixa preta na coluna C, que confere efeito flutuante ao teto.

De acordo com Giovanny Arroba, da equipe de design da Nissan, as novas linhas do Versa foram pensadas para realmente surpreender em um primeiro olhar, a ponto de alguém dizer ou pensar: “Uau, é um Versa?”. Bom, pode não ser tudo isso, mas é certo que o sedã ganhou um caráter mais moderno e sofisticado, principalmente na traseira. Não há muita informação a respeito do interior – espaço interno ou padrão de acabamento –, mas o painel é idêntico ao do SUV compacto Nissan Kicks.

CONTEÚDO Dentro dos pacotes de conteúdo disponíveis no mercado americano, itens como chave presencial (para destravar as portas e dar partida no motor por botão), assentos dianteiros aquecíveis, ar-condicionado digital, câmera 360 graus, frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, frenagem traseira automática, alerta de saída de faixa de rodagem e assistente de farol alto são itens de série. Entre os opcionais, destaque para alerta de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, controle ativo de velocidade de cruzeiro e alerta de fadiga do motorista.

Para saber se o conteúdo disponibilizado para o mercado brasileiro será tão generoso assim, é preciso aguardar mais um pouco. É que ainda não se sabe qual será seu posicionamento por aqui, já que existe a chance do novo Versa coexistir com o modelo atual, fabricado no Rio de janeiro. De qualquer forma, esse conteúdo não deve ser muito diferente dos atuais sedãs compactos premium, para não competir com o próprio Nissan Sentra.

HÍBRIDO Nos Estados Unidos, o modelo ganha um novo motor 1.6 de quatro cilindros, com 122cv de potência e 15,7kgfm de torque, e opções de câmbio CVT ou manual de cinco marchas. O presidente da Nissan do Brasil, Marcos Silva, afirmou que o Versa (assim como a próxima geração do March) pode ganhar uma versão híbrida. Conhecida como e-power, esta tecnologia usa a energia gerada pelo motor a combustão interna para carregar as baterias, que, por sua vez, alimentam o motor elétrico que traciona as rodas.


Publicidade