Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Com jeito de Cruze

Chevrolet chinesa revela novas imagens do Prisma 2020, que será produzido no Brasil a partir do segundo semestre, e terá as opções de motores 1.0 litro aspirado e turbo


postado em 06/04/2019 05:11

Sedã compacto ganhou linhas fluidas e aspecto esportivo, com para-choque dianteiro rebuscado, grade ampla, e traseira com vidro mais inclinado e lanternas horizontalizadas, que invadem a tampa do porta-malas(foto: Chevrolet/Divulgação)
Sedã compacto ganhou linhas fluidas e aspecto esportivo, com para-choque dianteiro rebuscado, grade ampla, e traseira com vidro mais inclinado e lanternas horizontalizadas, que invadem a tampa do porta-malas (foto: Chevrolet/Divulgação)


A General Motors tem motivos para ter um cuidado especial com seus compactos Onix e Prisma. Ambos são líderes em seus segmentos no mercado brasileiro, mas começam a ficar ultrapassados diante dos concorrentes. A nova geração dos modelos foi revelada recentemente na China, onde ambos serão comercializados como Onix. Aqui no Brasil, o nome Prisma será mantido e a produção da linha 2020 será iniciada no segundo semestre. Com visual moderno e linhas esportivas, serão equipados com motores 1.0 aspirado e turbo, associados aos câmbios manual e automático de seis marchas.


Em 2018, a dupla Onix e Prisma foi responsável pela liderança de mercado da General Motors. O hatch foi modelo mais emplacado, com 210.458 unidades, enquanto o sedã fechou o ano na quinta posição, com 71.735 unidades. Em seu segmento, o Prisma ficou em primeiro lugar, com 24,3% de participação, deixando para trás Ford Ka Sedan, VW Voyage, Hyundai HB20, Fiat Cronos e Nissan Versa. Nos dois primeiros meses deste ano o Prisma já subiu para a quarta posição do ranking geral e já acumula mais de 13 mil unidades emplacadas.

OUTROS MODELOS Mas se preparem os fãs de Onix e Prisma, pois os dois serão modificados e chegarão na linha 2020 bem mais modernos. Dá pra perceber isso nas fotos do sedã reveladas pela Chevrolet chinesa, que desenvolveu o modelo em parceria com a Saic. O novo Prisma foi construído a partir da plataforma Global Emerging Market (GEM), arquitetura que dará origem às novas gerações de Onix e Tracker, além de uma picape para concorrer com a Fiat Toro, Renault Oroch e com a futura Volkswagen Tarok. A GM não revela, mas a plataforma deverá render ainda um SUV ou minivan de sete lugares.


Na China, o Prisma será batizado como Onix Sedan. As linhas do novo sedã compacto estão mais esportivas, com vincos marcantes no capô e para-choque dianteiro mais rebuscado, com ampla entrada de ar. Ficou bem parecido com o Cruze. As laterais também são vincadas e a traseira tem lanternas horizontais, com LED na versão topo de linha. O sedã ficou um pouco maior, com 4,47m de comprimento e 2,60m de distância entre-eixos, dimensões bem próximas às do Cobalt, que pode estar com os dias contados.


Por dentro, o Prisma chinês traz um painel em duas cores e central multimídia flutuante. O painel de instrumentos segue o padrão, com elementos analógicos e uma pequena tela digital para o computador de bordo, e o volante é multifuncional, com novo desenho. A nova geração do Onix/Prisma será comercializada em 40 países, com características específicas para cada mercado. O time da GM na América do Sul exerceu importante protagonismo na concepção desta nova geração, e a marca promete que vai entregar predicados como eficiência energética, conectividade e segurança.


Publicidade