Publicidade

Estado de Minas TV

Mãe de Alexandre Pires defende vaga na final do "The voice+" neste domingo

Aos 68 anos, Abadia Pires, mineira de Uberlândia, sobe ao palco do reality para interpretar um dos sucessos do filho famoso


28/03/2021 04:00

Mineira de Uberlândia, Abadia impressionou os técnicos cantando
Mineira de Uberlândia, Abadia impressionou os técnicos cantando "Você me vira a cabeça", de Alcione. Hoje vai escolher uma canção do filho Alexandre Pires (acima): "Sou mãe coruja mesmo" (foto: Globo/Divulgação )

Abadia Pires, de 68 anos, é a única representante mineira na semifinal do programa “The voice+”. Após três etapas, o reality da Globo, que une talentos da música brasileira acima de 60 anos em uma competição musical, chega à sua penúltima fase neste domingo (28/3). “Significa tudo para mim. Esse programa é uma janela para o mundo. Então, é muito bom, independentemente do lugar que eu vou alcançar. Para quem trabalha com música, é uma propaganda e tanto”, revela a participante, sem conseguir conter o entusiasmo.

Para Abadia, participar do reality sempre foi um sonho. Depois de receber o convite da emissora e o apoio dos filhos, ela decidiu se aventurar. Nascida em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, herdou a vocação para a música de sua mãe, que cantava em teatros e nas rádios. O tio tinha uma banda, tocava saxofone e clarinete, mantendo a casa sempre com ar musical. Abadia começou a cantar aos 14 anos,, no colégio e em programas de rádio, até que se casou com João Pires e passou a integrar a banda Só Quatro.

Os três filhos do casal cresceram rodeados e influenciados pela mesma paixão dos pais. Quem são? Alexandre, Fernando e João Júnior Pires. Mais tarde, todos eles, inclusive Abadia, fizeram parte da banda Só Pra Contrariar. “Eles são meus primeiros fãs, me colocam sempre pra cima, é bom demais ter o apoio deles. Você sabe como que é filho, né? As netinhas também ficam torcendo por mim. E agora estou ganhando seguidores nas redes sociais. Tudo está sendo muito bom”, comenta Abadia.

A cantora também destaca a qualidade da competição e seu respeito pelos outros participantes. “Todo mundo ali merece ganhar, todos são bons, talentosos. Imagino que será bem difícil escolher quem vai ganhar.”

Na primeira etapa, nas audições às cegas, a artista conquistou todos os quatro técnicos cantando “Você me vira a cabeça (Me tira do sério)”, de Alcione. Ludmilla, Daniel e Mumuzinho viraram suas cadeiras no mesmo instante em que Abadia começou a cantar. Cláudia Leitte virou pouco tempo depois.

Orgulhosos, os filhos também gravaram uma homenagem à mãe, exibida antes de sua apresentação no “The voice ”, mostrando como estavam felizes com presença dela ali. 

Abadia acabou se juntando ao time de Daniel, mas expressa seu encanto por todos os técnicos e pela equipe de produção. “Todos são uma gracinha, são artistas renomados, que admiro muito e sou fã. Além do produtor e dos maestros, que dão todo apoio pra gente.”

Nas etapas seguintes – tira-teima e top dos tops –, Abadia cantou o sucesso de Marília Mendonça (“Infiel”) e o clássico de Gonzaguinha (“Explode coração”), respectivamente. Para a semifinal, a artista se inspirará no repertório de seu filho, Alexandre Pires, embora não tenha revelado qual será a música. O público só saberá quando a mineira subir ao palco neste domingo.

(foto: SBT/DIVULGAÇÃO)
(foto: SBT/DIVULGAÇÃO)

DO JAZZ AO AXÉ 
“Sou bem eclética. Canto de tudo, música americana, jazz, samba, axé... E entre os artistas, tenho várias inspirações, mas gosto muito do meu filho Alexandre. Sou mãe coruja mesmo”, afirma Abadia. Entre os sucessos do filho famoso, destacam-se “Usted se me llevo la vida”, “Amame”, “Necessidade”, “Es por amor”, “Samba diferente/Dança da vassoura”, Depois do prazer” e “Cheia de manias”.

Durante a pandemia da COVID-19, o programa vem sendo realizado sem público e seguindo todos os protocolos de prevenção à transmissão do coronavírus. Abadia conta que os participantes ficam hospedados sem contato uns com os outros e usam camarins individuais. Entre as etapas, ela fica em Uberlândia, onde pratica suas apresentações e se reúne com o técnico Daniel por meio de plataformas digitais.

* Estagiário sob supervisão da subeditora Tetê Monteiro 

“THE VOICE ”
Semifinal na Globo neste domingo (28/3), após “Temperatura máxima”



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade