Publicidade

Estado de Minas ANIMAÇÃO

Phineas e Ferb, série infantil de sucesso, vira filme no Disney+

Série do Disney Channel ganha versão protagonizada pela garota Candace, a irmã de Phineas, com a proposta de divertir crianças e adultos


24/01/2021 04:00

Filme leva Candace, Phineas e Ferb para o planeta Feebla-Oot(foto: Disney /divulgação)
Filme leva Candace, Phineas e Ferb para o planeta Feebla-Oot (foto: Disney /divulgação)

No mar de opções de streaming à disposição do consumidor, a plataforma Disney+, que chegou ao Brasil em novembro, aposta na família, com várias opções para as crianças. Prova disso é Phineas e Ferb, o filme: Candace contra o universo, longa dedicado a dois amados personagens da famosa série do Disney Channel.

“Phineas e Ferb nunca é só para crianças”, diz Jeff “Swampy” Marsh, criador dos personagens em parceria com Dan Povenmire. “A beleza é que eles funcionam com todas as idades, mesmo para uma pessoa severamente crescida como eu.” Povenmire acrescenta: “Sempre tentamos fazer com que seja engraçado para todos. Não usamos piadas incômodas para as crianças. Tentamos simplesmente não excluir os pequenos como público.”

Phineas e Ferb são meios-irmãos inventores que vivem aprontando na tentativa de se entreter durante as férias. A irmã mais velha de Phineas, Candace, sempre tenta desmascarar os dois garotos levados, sem sucesso. Mas no filme ela ganha um papel mais central, ao ser abduzida por alienígenas. Isso faz com que Phineas e Ferb recrutem os amigos Isabella, Baljeet e Buford e até se aliem ao arqui-inimigo o Dr. Doofenshmirtz para sair em busca das duas.

Candace está mais do que satisfeita no planeta Feebla-Oot, onde é recebida pela líder Super Super Big Doctor. “Para começo de conversa, ela está superanimada porque é o seu filme”, brinca a atriz Ashley Tisdale, que dubla a personagem na versão original. “No começo, ela tem um pouco de medo, mas depois passa a se sentir especial. Ela é muito frustrada por nunca conseguir flagrar os irmãos aprontadores, então precisava se separar um pouco deles para perceber que os dois são melhores do que pensava. É um aprendizado.”

Encontrar história e cenário que não tivessem explorado na série, que ficou no ar entre 2008 e 2015, com mais de 200 episódios, foi um desafio. “A gente pensava em algo, mas percebia já ter usado na terceira temporada”, conta Swampy. No fim, a dupla optou por outro planeta. “Assim poderíamos inventar tudo e deixar com o visual que desejássemos”, reforça Povenmire. Detalhe: essa dupla cresceu na era espacial. “Um dos meus grandes heróis era o astronauta Neil Armstrong”, diz Swampy.

MÚSICA

Outra marca da série Phineas e Ferb é a música, e não poderia ser diferente no filme. A dupla criou novas e divertidas canções, como We're back, composta via FaceTime durante a quarentena. “Não há nada com poder de cura tão grande quanto uma boa melodia”, comenta Swampy.

Para ele, o segredo do sucesso de Phineas e Ferb é não subestimar a inteligência das crianças. Dan Povenmire acredita que o otimismo fez com que a série se tornasse um hit mundial. “Mas também a positividade na música, o otimismo melodioso”, completa. Isso cai como uma luva nestes dias de pandemia, crise global e estresse. (Estadão Conteúdo)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade