Publicidade

Estado de Minas

Marcos Pitombo faz releitura da carreira e relembra o casal Shirlipe

Ator que contracenou com Sabrina Petraglia em Haja coração exalta a formação de um dos casais mais populares da TV brasileira


06/12/2020 04:00

Os personagens Shirlei (Sabrina Petraglia) e Felipe (Marcos Pitombo), o casal
Os personagens Shirlei (Sabrina Petraglia) e Felipe (Marcos Pitombo), o casal "Shirlipe", foram destaque na novela Haja coração (foto: Estevam Avellar/globo)
A parceria promissora entre Marcos Pitombo e Sabrina Petraglia nasceu em Haja coração, novela das 19h da Globo. Exibida originalmente em 2016, a trama de Daniel Ortiz tornou o casal Felipe e Shirlei, defendido pelos atores, um dos mais populares da história. O carinho do público pelos intérpretes de "Shirlipe" é tão grande que eles ganharam a chance de repetir o encontro cênico em Salve-se quem puder, que voltará a ser exibida pela Globo em 2021. Segundo o artista, como o folhetim marcou sua volta à emissora, ele apostou todas as fichas que tinha no personagem.

"Apesar de Haja coração ser uma releitura de Sassaricando – novela de Silvio de Abreu exibida entre 1987 e 1988 pela Globo e atualmente em reprise no Viva –, meu personagem era inédito. Comecei a gravar com a Sabrina de forma simples. Fomos honestos, as coisas começaram a evoluir e foi gostoso ver que o nosso trabalho estava tocando o coração das pessoas. No meio do maremoto (do sucesso), você não consegue medir o tamanho da onda", relata Marcos.

Infelizmente, a união da dupla em Salve-se quem puder foi interrompida pela pandemia do coronavírus. Na pausa das gravações, Sabrina engravidou e precisou se despedir mais cedo dos colegas. Mesmo assim, a atriz gravou o desfecho do romance entre Bruno e Micaela. Enquanto não vai ao ar, os fãs podem relembrar o conto de fadas de "Shirlipe" como consolo.

"Estar com a Sabrina em cena é gratificante. Admiro-a como atriz e pessoa; nos tornamos amigos. Pude ver o desenvolvimento dela no casamento, sendo mãe... É bacana quando a gente consegue somar pessoas da trajetória profissional à nossa vida. Essa amizade, que passou de cena para fora, foi um dos motivos que fez isso dar muito certo", ressalta.

Para Marcos, um dos momentos mais emblemáticos de Haja coração foi a primeira cena gravada por ele e Sabrina. A sequência mostrava Felipe quase atropelando Shirlei, sob forte chuva, enquanto ela tentava tirar o pé preso no bueiro. Assustada e com medo de perder o último ônibus, a personagem saía correndo e abandonava a bota ortopédica. Até hoje, o intérprete se recorda das sensações daquele dia.

"Foi muito emocionante, era uma sequência grande. Lembro o quanto eu e a Sabrina estávamos dedicados àquele momento. Ainda mais porque era o meu retorno à emissora, depois de um contrato longo com a Record", comenta.

IMPEACHMENT DE DILMA 
O que também não sai da memória dele é que a cena do primeiro beijo entre Felipe e Shirlei foi exibida, por coincidência, no mesmo dia da votação final do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016. E teve mais audiência do que o momento histórico na política.

"Era muito esperado. A gente trabalhou bastante, ensaiou... Na hora da gravação, a cena rolou em 10 minutos no estúdio e ficou incrível. Estávamos cheios de expectativas, mas achei que ninguém ia ver. Existia uma concentração em cima da política naquele momento. Mesmo assim, foi a maior audiência do dia na televisão. A gente vive dessas pequenas conquistas", valoriza o ator. (Estadão Conteúdo)



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade