Publicidade

Estado de Minas TECNOLOGIA

Google celebra sucesso da ferramenta Destaques no Brasil

Mecanismo que oferece curadoria de notícias pelos próprios veículos de mídia já conta com mais de 50 parceiros no país


26/07/2021 17:12

Diretora de Parcerias de Produtos de Notícias para a América Latina do Google, Andrea Fornes celebra resultados do Destaques no país(foto: Divulgação/Google)
Diretora de Parcerias de Produtos de Notícias para a América Latina do Google, Andrea Fornes celebra resultados do Destaques no país (foto: Divulgação/Google)
Embalada por um investimento de US$ 1 bilhão, a ferramenta Destaques, criação do Google voltada para o mercado jornalístico, chegou ao Brasil em outubro do ano passado com o objetivo de trazer benefícios tanto para leitores quanto para os veículos produtores de notícias. Menos de um ano depois do lançamento, o balanço é positivo, na avaliação de Andrea Fornes, diretora de Parcerias de Produtos de Notícias para a América Latina do Google. 

"O Brasil foi, junto da Alemanha, o primeiro a trazer o Destaques. A ideia era trazer benefícios tanto para os usuários, que têm acesso a um conteúdo selecionado, com curadoria pelas publicações, quanto para as publicações, que tem tráfego gerado, audiência qualificada e uma fonte recorrente de receitas em um momento de incertezas", detalha Andrea. 

(news.google.com.br) no desktop ou dispositivos móveis, no aplicativo do Google Notícias
(iOS e Android) e no Discover (disponível nos aplicativos Google ou na tela inicial à esquerda
nos dispositivos Android).

O Destaques já tem mais de 800 veículos parceiros pelo mundo. No Brasil, são mais de 50, incluindo o Estado de Minas, que foi um dos primeiros veículos a fechar parceria com o Google para o uso do Destaques. 

Segundo o Google, a ferramenta já gerou mais de 10 milhões de cliques por mês às publicações parceiras. Andrea Fornes confirma que os veículos sentiram um aumento de audiência após a implantação dos Destaques. "Para cada publicação, está trazendo benefícios diferentes. Alguns falam que esse pagamento recorrente está permitindo a publicação a sobreviver, outros falam que está trazendo uma audiência qualificada ou um aumento de tráfego", detalhou. 

Na avaliação da diretora do Google, o foco no conteúdo local tem feito a diferença para os parceiros do programa, principalmente com o aumento da procura por notícias causada pela pandemia da COVID-19. "O local é muito relevante, porque nos impacta diretamente, no seu dia a dia. Com a pandemia, ele se tornou ainda mais relevante, porque as pessoas querem saber onde vão tomar vacina, quantas pessoas estão contaminadas nas suas cidades", afirmou. 

 Por ser baseado em uma curadoria direta do veículo, o Destaques permite que os veículos ofereçam aos leitores conteúdos, como colunistas. Para Andrea Fornes, isso pode resultar, inclusive, em um aumento de assinaturas. "O usuário vai pagar se vir valor naquele conteúdo, é isso que vai cativar a audiência. Então o jornalismo de alta qualidade é fundamental". 

Ela antecipa ainda que o Destaques, que hoje é baseado apenas em foto e vídeo, deverá ter mais recursos em breve. "O Brasil, por ter sido o primeiro país a lançar, pagou o preço do pioneirismo. O produto já vem sofrendo várias mudanças e melhorias, com funcionalidades e recursos. Vamos trazer mais modelos de painéis e conteúdos de áudio e vídeo", finalizou.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade