Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

Cruzeiro faz ampla reformulação para 2022

Time celeste deve abrir mão de pelo menos oito jogadores cujos contratos se encerram ainda em 2021


01/12/2021 13:02 - atualizado 01/12/2021 13:18

Técnico do Cruzeiro
Luxemburgo conversa com os jogadores: Pelo menos oito vão deixar o clube até 2022 (foto: Bruno Haddad/Cruzeiro - 5/8/21)
 
 
O Cruzeiro fará grande reformulação em seu elenco para 2022 e deve abrir mão de pelo menos oito jogadores cujos contratos se encerram ainda em 2021. São eles os zagueiros Joseph e Rhodolfo; o lateral-direito Norberto; o lateral-esquerdo Jean Victor; o volante Flávio; e os atacantes Felipe Augusto, Dudu e Keké.
 

Dessa lista, Flávio – emprestado pelo América – e Norberto têm vínculo até 31 de dezembro, enquanto os demais deixaram o clube ontem. Quem usou as redes sociais para oficializar o adeus foi Keké, aproveitado por apenas 72 minutos (quatro jogos, todos como suplente) no período em que esteve à disposição e prejudicado por lesões no pé direito. O atleta pertence ao Tombense. “Hoje se encerra o meu ciclo no Cruzeiro. Queria deixar aqui que sou muito grato ao clube pelo pouco tempo que passei vestindo essa camisa gigantesca do futebol. Não foi como eu gostaria que fosse por conta de lesões e oportunidades não dadas, mas agradeço pelo carinho da torcida que sempre me apoiou e aos funcionários do clube também. Mesmo nas dificuldades, sempre estavam ali prestando seus serviços para nos ajudar”, disse Keké.

Dos atletas de saída, Felipe Augusto foi o mais utilizado na Raposa. Em 45 jogos - 24 como titular -, marcou cinco gols e deu quatro assistências. Sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo, o ponta de 29 anos colaborou bastante como lateral-esquerdo em meio à ausência de Matheus Pereira, lesionado, e à falta de ritmo de Jean Victor. Três jogadores elogiados por Luxemburgo em entrevistas coletivas ainda não receberam contato da diretoria para uma renovação: o zagueiro Léo Santos, o armador Giovanni e o atacante Wellington Nem. Informações de bastidores dão conta de que eles também não seguirão na Toca em 2022.

Giovanni se consolidou no meio-campo ao lado de Adriano e Lucas Ventura. Com um bom chute de média distância, contabilizou cinco gols e duas assistências em 32 jogos na Série B. Já Léo Santos, de 1,97m, ganhou destaque pela qualidade na bola aérea. Em 11 partidas, anotou dois gols de cabeça. Por fim, Wellington Nem se sobressaiu com dribles e arrancadas e colaborou com três passes para gols em 23 jogos.

Caso as liberações se confirmem, a relação chegará a 11 nomes. Vale destacar que outros atletas, sobretudo os que receberam poucas oportunidades com Luxa, como o atacante Zé Eduardo, podem ser emprestados. Além disso, Rafael Sobis, que se aposentou do futebol, e Ariel Cabral, cujo contrato não foi prorrogado, despediram-se após o empate por 0 a 0 com o Náutico, no Mineirão, em 25 de novembro, pela 38ª rodada da Série B.

A ideia de Vanderlei é montar um elenco com atletas experientes em 2022. Vários nomes “de peso” foram especulados na Toca, casos de Willian, do Palmeiras; Manoel, do Fluminense; e Petros, ex-Corinthians e São Paulo. Por ora, o único reforço anunciado é o zagueiro Maicon Roque, de 33 anos, ex-Porto de Portugal.

Qualquer movimentação celeste no mercado da bola só será concretizada no BID na CBF mediante o fim do transfer ban na Fifa. O Cruzeiro tem pendências somadas em R$13 milhões com Defensor-URU e Mazatlán-MEX (antigo Monarcas Morelia) pelas compras dos direitos de Arrascaeta e Riascos, em 2015.

Depois de um 2021 frustrante, em que terminou a Série B em 14º lugar, com 48 pontos, o Cruzeiro espera um 2022 de muitas alegrias para a sua torcida. O retorno aos gramados será no dia 26 de janeiro de 2022, contra a URT, em Belo Horizonte (provavelmente no Mineirão), pela primeira rodada do Campeonato Mineiro.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade