Publicidade

Estado de Minas SÉRIE A

Novela Jorge Sampaoli esquenta

Depois de cravar saída do técnico atleticano para o Olympique, o Al-Hilal, da Arábia Saudita, também entra na briga para tirar o argentino do Galo


18/02/2021 13:02 - atualizado 18/02/2021 14:22

A caminho do jogo do Brasileiro com o Sport, Sampaoli comandou mais um treino: jogadores não entram na polêmica sobre possível rescisão(foto: PEDRO SOUZA/ATLÉTICO)
A caminho do jogo do Brasileiro com o Sport, Sampaoli comandou mais um treino: jogadores não entram na polêmica sobre possível rescisão (foto: PEDRO SOUZA/ATLÉTICO)


O ambiente no Atlético continua em compasso de espera, num momento em que todos no clube deveriam estar concentrados em garantir vaga na fase de grupos da próxima Copa Libertadores. Com contrato até o fim do ano, o técnico Jorge Sampaoli tem propostas para sair, mas, para isso, teria de pagar multa em torno de R$ 4,2 milhões. Conforme o “As”, influente diário esportivo da Espanha, o treinador já teria aceitado a proposta do Olympique de Marseille-FRA, para um contrato até 2023.

Caso a diretoria opte por demiti-lo, o que não estava nos planos de Sérgio Coelho, que assumiu a presidência em janeiro, o valor seria o mesmo. O problema tem sido a falta de diálogo do argentino, cuja personalidade é considerada forte e que, ao participar de entrevista coletiva depois do empate com o Bahia, sábado, no Mineirão, não cravou a permanência.
 
 
Ainda que a proposta mais forte seja do Olympique, haveria pontos a serem acertados ainda, como a exigência do treinador de levar para o Sul da França os seis profissionais que o auxiliam no Atlético.

Outro interessado em tirar o comandante do Galo é o Al-Hilal, da Arábia Saudita, que demitiu o romeno Razvan Lucescu. O também saudita o Al-Nassr teria sondado o treinador no ano passado, mas desistiu ao não ter resposta inicial positiva.

Entre os jogadores, o clima é de incerteza. Mas eles têm procurado se concentrar nos dois jogos que faltam no Brasileiro, contra o Sport, domingo, no Recife, e o Palmeiras, dia 25, em Belo Horizonte.

“Isso (saída de Sampaoli) vem mais de vocês, imprensa e torcida. Estamos trabalhando aqui, sabemos da importância dos jogos, ele também. O melhor é perguntar a ele próprio sobre o futuro. Agora, nós estamos focados no trabalho e não comentamos sobre isso”, disse o zagueiro Junior Alonso,

“Se ele ficar aqui, será muito melhor para o time, mas estamos tranquilos. No final da temporada é ele quem decide se vai ou fica com a gente, mas estamos tranquilos”, afirmou o atacante Savarino, para quem a relação com o argentino sempre foi boa. “Desde que ele chegou, a relação com todos nós tem sido boa. Os treinos com ele sempre são exigentes em todos os sentidos. Na ideia que ele sempre quer dar para nós. Isso é o que eu posso falar. Desde o primeiro dia sempre tivemos boa relação e esperamos que ele fique para seguir melhorando isso.”

Reforços

A diretoria, por sua vez, já estuda um possível substituto, ainda que não planeje a demissão de Sampaoli. E continua trabalhando para ter um grupo ainda mais forte na próxima temporada, independentemente de quem será o comandante.

Prova disso foram as contratações do atacante Hulk e do lateral-esquerdo Dodô. Nos próximos dias, o clube deve confirmar a contratação do armador argentino Nacho Fernández, de 31 anos, que ontem se despediu do River Plate, onde atuou nas últimas cinco temporadas e pelo qual conquistou títulos importantes, como a Copa Libertadores de 2018. A previsão é de que chegue a BH no fim desta semana.

"Foram cinco anos nos quais vivemos momentos muito bonitos e hoje venho me despedir de todos. É um passo na minha carreira que procurava, mas sair de um clube onde tenho tantos amigos e muito carinho é algo que sinto muito”, afirmou. “É difícil sair do River. Sempre que surgia uma oferta, o pedido era muito alto e nunca fechava o acordo. Hoje, aos 31 anos, chegou a hora. É por isso que acho que tudo aconteceu assim, mas, logicamente, é uma dor muito grande”, acrescentou.

Atleticanas

» Keno treina com bola
O atacante Keno treinou pela primeira vez com bola desde a lesão no cotovelo esquerdo, sofrida na vitória do Atlético sobre o Santos, por 2 a 0, em 26 de fevereiro. Como ele ainda usa uma proteção no local e vem três semanas afastado, é difícil que seja aproveitado no jogo contra o Sport, domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

» Parceria com o Confiança
Iniciada no ano passado, a parceria do Atlético com o Confiança teve mais um capítulo, com os mineiros emprestando à equipe o zagueiro Isaque, de 19 anos. Ele disputou quatro jogos na campanha do título brasileiro sub-20, ainda na fase inicial da competição. Antes, o Galo havia cedido aos sergipanos o meio-campista Guilherme Castilho e os zagueiros Matheus Mancini e Léo Griggio. E recebeu, para o sub-20, o lateral-esquerdo Dudu, também por empréstimo.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade