Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

América empata com vice-lanterna em casa e vê liderança da Série B ameaçada

Coelho buscou empate no segundo tempo e ficou no 1 a 1 com o Botafogo-SP


16/01/2021 04:00 - atualizado 16/01/2021 12:39

Messias empatou cobrando pênalti para o América diante do Botafogo-SP: briga pelo título sob ameaça(foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)
Messias empatou cobrando pênalti para o América diante do Botafogo-SP: briga pelo título sob ameaça (foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)

Líder da Série B, o América teve muitas dificuldades contra o Botafogo-SP, vice-lanterna, na noite de ontem, no Independência. Depois de terminar o primeiro tempo em desvantagem, a equipe alviverde buscou o empate por 1 a 1 na etapa final, mas agora tem o primeiro lugar na competição sob ameaça. O time pode perder a liderança para a Chapecoense, que visitará o Vitória amanhã, às 16h, no Barradão. O resultado pode atrapalhar os planos de conquista do tricampeonato da Segundona.

Victor Bolt, em belo chute de fora da área, abriu o placar, enquanto Messias, em cobrança de pênalti, garantiu a igualdade. Com o empate, o Coelho – já garantido na Primeira Divisão – chegou a 68 pontos, um a mais que a Chape. Os alviverde volta a campo na terça-feira, às 16h, visitando o Brasil de Pelotas, no Estádio Bento Freitas.

O técnico Lisca teve de mexer na equipe americana. Sem Ademir, optou por Léo Passos no ataque. No gol, foi obrigado a colocar Airton na vaga de Matheus Cavichioli, lesionado. O treinador ainda fez uma mudança por opção técnica, com a entrada de Sávio no lugar de João Paulo.

O primeiro tempo do América foi abaixo da média. A equipe não conseguiu se impor no Independência e teve dificuldades para se livrar da marcação dos visitantes. Normalmente um time envolvente e rápido, o Coelho teve menos mobilidade em campo na etapa inicial.

O grande destaque americano nos primeiros 45 minutos foi o goleiro Airton. Novidade na equipe, ele fez duas boas defesas – uma em cabeceio de Judivan e outra em chute cruzado de Jeferson. A terceira, no entanto, foi sem chances para o camisa 12.

Após tabela na direita, Jeferson rolou para Victor Bolt, acertar belo chute rasteiro da entrada da área, sem chances para Airton: 1 a 0. Após o gol, o Coelho tentou pressionar o adversário, mas esbarrava no bloco defensivo armado pela equipe paulista.

ALTERAÇÕES O América voltou com mudanças na etapa final. Amarelados, Léo Passos e Felipe Augusto foram substituídos por Marcelo Toscano e Geovane. A equipe alviverde foi para cima do adversário, mas seguiu com dificuldades em criar oportunidades de perigo.

Quando o Coelho parecia não encontrar soluções, uma jogada isolada colocou o time de novo no jogo. Ao tentar proteger a bola para o goleiro Igor, Ranieli cometeu falta em Neto Berola dentro da área. Pênalti marcado. Na cobrança, Messias chutou forte no meio do gol. O goleiro Igor ficou parado, se ajoelhou para fazer a defesa, mas a bola bateu em sua perna e morreu no fundo das redes: 1 a 1.

O Coelho tentou pressionar nos minutos finais da partida no Independência, mas sofreu com os bloqueios feitos pelo sistema defensivo do Botafogo-SP. Desta forma, ficou no empate com o vice-lanterna da Série B em casa.

América 1 x 1 Botafogo-SP
América
Airton; Daniel Borges (Neto Berola 20 do 2°), Messias, Anderson e Sávio (Kawê 29 do 2°); Zé Ricardo, Juninho e Alê; Léo Passos (Marcelo Toscano, no intervalo), Felipe Augusto (Geovane, no intervalo) e Rodolfo (Vitão 40 do 2°)
Técnico: Lisca
Botafogo-SP
Igor; Raniele, Robson, Walisson Maia e Guilherme Romão; Val, Victor Bolt (Elicarlos 23 do 2°) e Bady; Luketa, Ronald (Cássio Ortega 12 do 2°) e Judivan (Emerson 23 do 2°)
Técnico: Moacir Júnior
35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Independência
Gols: Victor Bolt 33 do 1°; Messias 32 do 2°
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Cartão amarelo: Rodolfo, Léo Passos, Felipe Augusto, Daniel Borges, Ronald, Ranieli, Romão e Jeferson

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade