Publicidade

Estado de Minas Copa do Brasil

América perde para Palmeiras e é eliminado na semifinal da Copa do Brasil

Apesar da derrota, Coelho fez campanha histórica na competição mata-mata


31/12/2020 00:03

América foi derrotado pelo Palmeiras e ficou fora da final da competição(foto: Alexandre Guzanshe)
América foi derrotado pelo Palmeiras e ficou fora da final da competição (foto: Alexandre Guzanshe)
A trajetória do América na Copa do Brasil chegou ao fim. Mesmo jogando melhor, os mineiros foram superados pelo Palmeiras por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Independência, em Belo Horizonte, no jogo de volta da semifinal da competição nacional. 

Os gols da partida foram marcados pelo atacantes Luiz Adriano e Rony, do Palmeiras, aos 23min e 40min da etapa final. Com o resultado, os paulistas enfrentarão o Grêmio na sua quinta final de Copa do Brasil. Na outra semifinal, o time do Rio Grande do Sul eliminou o São Paulo. 
 
Apesar da derrota, o Coelho fez uma campanha histórica no torneio mata-mata. Esta foi a primeira vez em que o América chegou tão longe na Copa do Brasil. A boa campanha ainda rendeu R$ 17,59 milhões ao clube. O valor expressivo é o triplo do previsto no orçamento do clube com 'Competições e Jogos' para o ano de 2020. 
 
Após o duelo em Belo Horizonte, os times mudam a atenção para a Série B do Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores, respectivamente. Pela Segundona, o Coelho voltará a campo contra o Guarani, em 2 de janeiro, às 21h, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, no interior de São Paulo. Já na semifinal da Libertadores, o Palmeiras enfrentará o River Plate, no dia 5 de janeiro, às 21h30, em Buenos Aires, na Argentina. 

O jogo 

 
A partida no Independência começou equilibrada e sem muitas chances claras para ambas equipes. O Palmeiras buscou pressionar a marcação para avançar no meio-campo, enquanto o América tentava aproveitar os erros de passe dos adversários para levar perigo ao gol de Weverton.
 
Porém, os mineiros encontraram dificuldades de acertar a transição para o ataque, principalmente com a falta de efetividade de Juninho no meio-campo no início da etapa inicial. Ademir foi muito marcado pelo Verdão e Geovane, substituto de Felipe Azevedo, assumiu a responsabilidade na criação de jogadas pelo lado esquerdo. 
 
O jogo seguiu truncado e marcado por muitas disputas acirradas, porém pouca criatividade. Aos 25 minutos, o volante Flávio sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Zé Ricardo, no América. Na sequência, o Palmeiras chegou ao ataque com cobrança de lateral de Marcos Rocha. O goleiro Matheus Cavichioli soltou a bola, mas a defesa do Coelho afastou o perigo. 
 
A sensação do primeiro tempo foi apenas uma: erro zero. América e Palmeiras seguiram se estudando durante os 45 minutos iniciais e tentaram diminuir a possibilidade de erro para evitar um tento adversário. Segundo o SofaScore, o Coelho finalizou cinco vezes, mas nenhuma em direção ao gol, enquanto o Verdão chegou a quatro finalizações - uma em direção às redes.

Na volta dos vestiários, o América voltou com uma mudança: Felipe Augusto entrou na vaga de Geovane. Na tentativa de abrir o placar, o Coelho buscou se mostrar mais presente no ataque. Aos seis minutos, o lateral-esquerdo Sávio bateu direto a falta, mas o goleiro Weverton defendeu com tranquilidade.  
 
A pressão americana atrás de um gol seguiu crescendo. Felipe Augusto cruzou na pequena área e Juninho aproveitou a falha de marcação para finalizar de primeira, mas o chute saiu com pouca força.

Apesar da pressão dos donos da casa, o Palmeiras abriu o placar no melhor momento do Coelho na partida. Aos 23 minutos, Rony recebeu de Marcos Rocha e tocou para Luiz Adriano, que bateu bem colocado no canto esquerdo de Cavichioli: 1 a 0. O tento palmeirense saiu na segunda finalização do atacante no jogo. 
 
Após o gol, o América não conseguiu reagir no jogo. Lucas Lima cobrou falta na área, Mayke cabeceou para a defesa de Cavichioli, mas Rony aproveitou o rebote para ampliar o placar aos 40min do segundo tempo: 2 a 0.  
 
O árbitro Wilton Pereira Sampaio assinalou o fim da partida depois de seis minutos de acréscimo.  

AMÉRICA 0 X 2 PALMEIRAS 

América
Matheus Cavichioli; Daniel Borges (Marcelo Toscano), Messias, Anderson, Sávio; Flávio (Zé Ricardo), Juninho, Alê (Calyson); Ademir, Rodolfo (Vitão) e Geovane (Felipe Augusto). Técnico: Lisca
 
Palmeiras 
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Matías Viña; Danilo , Gabriel Menino (Patrick de Paula), Raphael Veiga (Lucas Lima); Willian (Gustavo Scarpa), Rony e Luiz Adriano (Mayke). Técnico: Abel Ferreira
 
Cartões amarelos: Gustavo Gómez, aos 38min do 1ºT (PAL); Daniel Borges, aos 8min do 2ºT (AME), Lucas Lima, aos 39min do 2ºT (PAL)
Gols: Luiz Adriano (PAL) e Rony (PAL)
 
Motivo: jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil
Data e horário: quarta-feira, 30 de dezembro de 2020, às 21h30
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade