Publicidade

Estado de Minas CRUZEIRO

Felipão aposta na equipe e diz que Cruzeiro terminará a Série B de forma digna

Equipe celeste está invicta com o treinador, mas precisa melhorar o desempenho para se afastar de vez da zona de rebaixamento


22/11/2020 04:00

Felipão está consciente das dificuldades que enfrenta no Cruzeiro e quer vencer uma etapa de cada vez (foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro/Divulgação)
Felipão está consciente das dificuldades que enfrenta no Cruzeiro e quer vencer uma etapa de cada vez (foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro/Divulgação)
O Cruzeiro de Luiz Felipe Scolari está invicto, mas o desempenho precisa melhorar. Com três vitórias e três empates, o treinador está consciente da situação, mas não se desespera. Ele acredita que com o grupo que tem em mãos será possível terminar a Série B de forma digna, ainda que a volta à Série A esteja cada vez mais distante.

A aposta é na melhora coletiva para se livrar da ameaça de queda para a Terceira Divisão e, então, planejar. “Não espero mais reforços. Vamos ter algumas dificuldades, mas vai ser com este grupo. Para o ano que vem, vamos ver”, afirma Felipão, deixando claro que o clube desistiu da contratação do atacante Copete, do Santos, que era alvo do clube.

Ele se mostra muito consciente com a sequência da temporada. Com apenas 25 pontos em 22 rodadas, não há como pensar em nada mais nesta temporada que fugir de uma situação pior. “Temos de sair lá de baixo. Nós temos poucas equipes abaixo de nós. Como treinador, vou desenvolver o projeto, o pensamento nesses jogadores para alcançar o primeiro objetivo (que é não cair). O segundo objetivo é uma coisa que eu nem vou falar mais com eles, nem vou falar com vocês (jornalistas), porque nós não estamos atingindo nossos objetivos”, disse ele, depois de mais um empate em casa, contra o Figueirense, sexta-feira.

O próximo compromisso da Raposa será contra ninguém menos que a líder Chapecoense, terça-feira, às 21h30, no Oeste catarinense. No turno da Série B, o adversário fez 1 a 0 no Mineirão e o desejo é devolver o resultado, subindo na tabela de classificação. “(Contra o Figueirense) Faltou criação no meio, trabalhar mais a bola. Temos de ter um pouco mais de calma, fazer a bola rodar de pé em pé. Sinto o time um pouco ansioso. Saímos atrás, em lance que não pode ocorrer. Vamos ver o que vai ocorrer nos próximos jogos”, diz o treinador.

Para o próximo compromisso, ele terá o retorno do volante Filipe Machado e do atacante William Pottker, que cumpriram suspensão na sexta-feira. Já o lateral-esquerdo Matheus Pereira, que retornou depois de se recuperar de entorse no joelho, está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

MUDANÇAS O clube anunciou que chegou a acordo para rescindir o contrato do armador Marquinhos Gabriel. Já o atacante Vinícius Popó foi emprestado ao Sport. (PG)





*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade