Publicidade

Estado de Minas AMÉRICA

Coelho tenta fazer valer favoritismo contra Botafogo-SP

Clube mineiro é o melhor visitante da Série B até o momento


16/10/2020 04:00 - atualizado 16/10/2020 09:39


O América é o melhor visitante da Série B do Campeonato Brasileiro. E pode encontrar um cenário positivo hoje à noite, quando encara o Botafogo-SP, às 19h15, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 16ª rodada. O time do interior paulista é um dos piores mandantes da competição: está em segundo nesse ranking, com apenas sete pontos conquistados dos 21 disputados. Tem 33,3% de aproveitamento,

Na briga para ficar entre os quatro primeiros – que garantirão o acesso para a Série A –, o Coelho tem obtido pontos importantes longe do Independência. Garantiu 15 dos 24 que disputou fora de casa, aproveitamento de 62,5%.

A diferença entre as duas equipes na estatística mandante/visitante também pode ser vista na classificação. O América ocupa a quarta posição, com 26 pontos, enquanto o Botafogo é o 17º, com sete. Apesar de os números apontarem para um favoritismo americano, o volante Zé Ricardo ressalta a importância de fazer uma boa atuação para manter vivo o sonho da elite.

“Com certeza, temos que procurar nos mobilizar. O Lisca tem trabalhado bastante isso com a gente, porque precisamos fazer bons jogos também contra as equipes que estão na parte de baixo da tabela, para alcançarmos nossos objetivos na competição”, disse.

O setor ofensivo do América sofrerá alterações no duelo desta sexta. O atacante Rodolfo, o volante Juninho e o armador Alê ficaram em Belo Horizonte sob os cuidados do departamento médico. Alê também recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Náutico (2 a 0), pela 15ª rodada, e cumprirá suspensão automática.

Além deles, o zagueiro Eduardo Bauermann se recupera de cirurgia no joelho esquerdo. Anderson fará a dupla de zaga com Messias.

Por outro lado, o técnico Lisca ganhou o reforço de três jogadores: o zagueiro/volante Sabino, o volante Flávio e o lateral-esquerdo João Paulo. Eles estão recuperados da COVID-19 e ficam como opções no banco de reservas.

Má fase O Botafogo-SP vem de três derrotas nos últimos cinco jogos. A última foi para o Sampaio Corrêa (2 a 0), pela 15ª rodada. Para Bady, o problema não está só na defesa, ou apenas no ataque. Passa por toda a equipe: “Acredito que tivemos falta de sorte em alguns jogos. E tenho certeza que é um pouco de tudo, temos que melhorar nas finalizações, mas no nosso poder defensivo também. É difícil trabalhar quando o resultado não vem. Temos que melhorar na parte ofensiva, criar, finalizar, para a gente ter mais facilidade nos jogos”, disse.

*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina
 
Botafogo-SP
Darley; Valdemir, Jordan, Robson, Guilherme Romão; Victor Bolt, Elicarlos, Rafinha (Luketa), Bady; Ronald e Wellington Tanque
Técnico: Claudinei Oliveira
 
América
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson, Sávio; Geovane, Zé Ricardo e Marcelo Toscano (Guilherme); Ademir, Leo Passos e Felipe Azevedo
Técnico: Lisca
 
16ª rodada da Série B do Brasileiro
Estádio: Santa Cruz
Horário: 19h15
Árbitro: Diego da Costa Cidral (SC)
Assistentes:  Thiaggo Americano Labes e Gizeli Casaril (SC)
TV: SporTV e Pay-per-view 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade