Publicidade

Estado de Minas

Fora da Arena MRV, torcedores do Atlético xingam Ronaldinho por não parar para fotos

Jogador deixou local das obras do estádio do Galo em uma van; veja vídeo


24/09/2020 17:23 - atualizado 24/09/2020 23:46

Torcedores se aglomeraram, mas não conseguiram atenção de Ronaldinho (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Torcedores se aglomeraram, mas não conseguiram atenção de Ronaldinho (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

Torcedores do Atlético que se aglomeraram do lado de fora das obras da Arena MRV, no bairro Califórnia, região Noroeste de Belo Horizonte, para ver o ídolo Ronaldinho Gaúcho, se revoltaram com o ex-jogador. 

“Que vacilão, que vacilão”, gritaram alguns torcedores, que esperaram por horas debaixo de sol quente. Depois, xingamentos foram direcionados ao ex-jogador, que deixou o local das obras em uma van rumo ao Mineirão, onde participará de outro evento. 

 

Ronaldinho voltou a Belo Horizonte depois de um ano. O ‘bruxo’ visitou as obras da Arena MRV.

 

Recebido pelo presidente Sérgio Sette Câmara, ele foi presenteado com o ‘manto da massa’, camisa que teve mais de 100 mil unidades vendidas. O ex-camisa 10 posou para fotos com pessoas que estavam no local. 

 

“Muita saudade, deixei muitas amizades aqui. É um lugar que sinto saudades diariamente. Fui muito feliz aqui. É sempre um prazer voltar. A gente já fica imaginando como vai ficar quando estiver pronto. O espaço é enorme, a gente fica imaginando como vai ser. Muito legal participar de todo esse processo, de tudo começar, de ver como vai ficar. Estou muito feliz de estar aqui”.

 

Presidente do Atlético, Sette Câmara ressaltou a importância de receber um ídolo da torcida no local das obras do estádio. 

 

“A felicidade de receber o Ronaldinho aqui é de todos nós atleticanos, do mais simples torcedor, de todas as gerações, de crianças a idosos. Esse evento nem tinha sido muito divulgado. Ali fora está uma loucura de gente. O Ronaldinho é uma pessoa que deixou uma marca importantíssima na história do Clube Atlético Mineiro. Ele é protagonista daquele time que campeão da Libertadores, da Recopa. Ele se identificou muito com nossa massa. A torcida do Atlético o idolatra, com toda razão. Eu, como torcedor, da mesma forma. É um dia de muita alegria e de reconhecimento com esse ídolo de todas as gerações dos atleticanos, de todas as pessoas que tiveram a alegria de vê-lo em campo com a camisa do Atlético”. 

 

De volta a BH

Ronaldinho ficou um ano sem vir à capital mineira. A última vez que o 'Bruxo' esteve em Minas foi para receber a Medalha de Mérito do Clube Atlético Mineiro, em setembro do ano passado. A mãe do ex-jogador, dona Miguelina, também foi homenageada.

 

Ronaldinho e o irmão Assis ficaram quase seis meses presos no Paraguai ao entrarem no país vizinho com documentos falsos. Eles deixaram a prisão no dia 24 de agosto.

 

Ao todo, os dois ficaram 171 dias presos em Assunção, desde 6 de março. Eles pagaram uma multa de US$ 200 mil (R$ 1,12 milhão), que foi descontada da fiança paga quando foram colocados em prisão domiciliar. Assis terá de comparecer a cada quatro meses perante a um juiz brasileiro durante o período da pena suspensa.

 

O ex-craque defendeu o Galo entre 2012 e 2014. No primeiro, foi vice-campeão brasileiro. Em 2013, atingiu o auge, com as conquistas do Mineiro e da Copa Libertadores. Na temporada seguinte, venceu a Recopa Sul-Americana. Na sequência da carreira, R10 atuou por Querétaro do México (2014/15) e Fluminense (2015).  

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade