Publicidade

Estado de Minas FÓRMULA 1

No ensaio na Itália, melhor para Bottas


12/09/2020 04:00

Nos treinos livres, o finlandês ficou à frente do líder e companheiro de Mercedes, Hamilton: grid da Toscana será definido hoje(foto: JENNIFER LORENZINI/AFP)
Nos treinos livres, o finlandês ficou à frente do líder e companheiro de Mercedes, Hamilton: grid da Toscana será definido hoje (foto: JENNIFER LORENZINI/AFP)


O finlandês Valtteri Bottas fechou as atividades de pista como o mais rápido de ontem após duas sessões de treinos livres para o GP da Toscana, a nona etapa da temporada de 2020 da Fórmula 1. De quebra, o piloto da Mercedes conseguiu quebrar o recorde do circuito de Mugello, que recebe a categoria pela primeira vez na história, com o tempo de 1min16s989 na melhor de suas 28 voltas.

Bottas superou Hamilton, hexacampeão mundial e líder do campeonato, em 0s207 (1min17s196). O terceiro colocado foi o holandês Max Verstappen, que ficou a 0s246 do líder com a Red Bull (1min17s235). Quem ficou em quarto foi o companheiro de Verstappen, o tailandês Alexander Albon, com 1min17s971.

Logo atrás dos dois carros da Mercedes e dos dois da Red Bull, fechando o Top 5, apareceu o australiano Daniel Ricciardo, que conseguiu o tempo de 1min18s039. Ele teve na sequência o seu colega de equipe, o francês Esteban Ocon, com 1min18s115.

A sétima posição ficou com Sergio Pérez, que deixará a Racing Point no fim desta temporada para dar vaga ao alemão Sebastian Vettel, que faz o seu último ano na Ferrari e foi apenas o 12º colocado. O mexicano ainda protagonizou um dos principais incidentes do segundo treino livre. No fim da sessão, quando deixava os boxes, atrapalhou o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo.

A oitava colocação ficou com o francês Pierre Gasly, vencedor do GP da Itália com a AlphaTauri. Raikkonen foi o nono, sendo o mais bem colocado com motores Ferrari. Piloto do time de Maranello, que comemora neste fim de semana o seu 1.000º GP na história da Fórmula 1, o monegasco Charles Leclerc foi apenas o 10º, após ser terceiro no primeiro treino livre.

Os pilotos voltarão a acelerar em Mugello hoje, abrindo com treino livre e fechando com a sessão de classificação, que começará às 10h, para definir o grid de largada para o GP da Toscana. A prova será amanhã, às 10h10.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade