Publicidade

Estado de Minas FUTEBOL MINEIRO

Ele projeta um novo Cruzeiro

Referência no ataque celeste, Marcelo Moreno diz que pausa do coronavírus ajudará o time a se reorganizar e aposta num padrão tático de jogo bonito e ofensivo na volta


postado em 21/06/2020 04:00

Para o atacante, jogadores responderão bem à proposta do técnico Enderson Moreira, que defende futebol envolvente e eficiente(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press %u2013 11/3/19)
Para o atacante, jogadores responderão bem à proposta do técnico Enderson Moreira, que defende futebol envolvente e eficiente (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press %u2013 11/3/19)
A proposta do técnico Enderson Moreira, que quer ver o Cruzeiro com um futebol bonito e ofensivo, ganhou um adepto de peso na Toca da Raposa: o atacante Marcelo Moreno. Aos 33 anos, completados na quinta-feira, o boliviano afirma que o grupo celeste vai se encaixar como uma luva nessa proposta tática.

O maior desafio do time será a Série B do Campeonato Brasileiro, ainda sem data para começar. Ele avalia que o período de paralisação por causa da pandemia de coronavírus acabou sendo positivo para que a equipe pudesse se reordenar. “Esse tempo foi muito valioso para o Cruzeiro. Tenho certeza de que quando começar o campeonato, com os jogadores que temos e os que vão chegar, nosso time vai jogar bem e terá identidade, criando situações de gol, ganhando jogos”, prometeu.

No Cruzeiro desde meados de fevereiro, quando foi apresentado como reforço do clube para a temporada, Marcelo Moreno reconhece que a readaptação ao futebol brasileiro não foi fácil no primeiro trimestre. Depois de cinco anos no futebol chinês, ele teve oportunidade de atuar em cinco partidas pela Raposa em 2020, mas não conseguiu marcar gols.

Em entrevista aos canais oficiais do clube, o atacante avaliou que a parada forçada em função da COVID-19 foi também uma oportunidade para se recuperar fisicamente. Sem ter participado da pré-temporada na Toca da Raposa II, agora ele conseguiu reiniciar “do zero” com os companheiros.

“Não tem sido fácil (a readaptação). Desde que cheguei, eu vi que precisava melhorar em muitas situações. Eu não estava 100% fisicamente. Por isso que eu vejo como uma oportunidade essa parada, para poder me preparar muito bem, de poder focar no meu objetivo, que é ajudar o time a conquistar os objetivos e chegar bem no momento que tenha que jogar”, disse.

PREPARAÇÃO

 Para o atacante, uma das chaves quando as competições voltarem estará no condicionamento físico. “Obviamente que todo mundo vai começar do zero, vai ter que ganhar ritmo jogo a jogo e acredito que esse momento vai ser o de ver como foi sua preparação. Quem se preparar melhor vai conseguir os objetivos no final do ano”, avaliou o atacante.

O boliviano é a principal referência do ataque do Cruzeiro e um dos líderes da equipe, especialmente após as dispensas do lateral-direito Edilson e do meia Robinho, no início do mês. Caberá a ele, ao lado de Fábio, Leo, Ariel Cabral e Regis, liderar um elenco formado majoritariamente por jovens promessas.

Enquanto isso...

Mais críticas às MP

O América se juntou a vários clubes nas críticas à Medida Provisória 984, que dá às equipes mandantes a prerrogativa para negociar os direitos de transmissão no futebol brasileiro, e acusou o governo federal de ter atendido unicamente a um lobby do Flamengo. “É intempestiva e tomada da pior forma possível. Se estamos discutindo um projeto de lei na Câmara dos Deputados, com várias cláusulas de Profut, de contrato, uma série de coisas, não pode com uma canetada fazer uma medida de forma urgente para beneficiar A, B ou C”, disse o presidente americano, Marcus Salum. “O Flamengo tem de entender que o futebol brasileiro corre risco. O Flamengo está naquele momento de novo-rico, que acha que pode comprar tudo, fazer tudo”. O time carioca vive queda de braço com a Rede Globo, tida pelo presidente Jair Bolsonaro como 'inimiga'. Salum até se mostra favorável a discutir mudanças no modelo de exploração da imagem do futebol, porém, com a anuência de todos os clubes.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade