Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Jogadores e torcidas do Cruzeiro doarão 15 toneladas de alimentos a afetados pelo coronavírus

Iniciativa também teve participação de dirigentes e patrocinadores, e deve contar ainda com a ajuda de milhares de torcedores


postado em 13/04/2020 04:00

Pelas redes sociais, o zagueiro Leo se comprometeu a doar 50 cestas básicas e apoiar a campanha(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Pelas redes sociais, o zagueiro Leo se comprometeu a doar 50 cestas básicas e apoiar a campanha (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)


O Conselho Azul, movimento criado por sete organizadas do Cruzeiro, doará, nos próximos dias, mais de 15 toneladas de alimentos aos afetados pela crise do coronavírus. Tudo isso foi arrecadado por meio de uma campanha iniciada nas redes sociais e que contou com a participação de jogadores do clube, como o zagueiro Leo e o atacante Marcelo Moreno.

Além dos atletas, patrocinadores e dirigentes do Cruzeiro também entraram na campanha. Dono do Supermercados BH, o empresário Pedro Lourenço foi responsável, sozinho, pela doação de 10 toneladas de alimentos. O presidente do Conselho Gestor, Saulo Fróes, e o candidato à presidência do clube, Sérgio Rodrigues, foram outras personalidades que ajudaram na corrente.

O Conselho Azul é formado por Pavilhão Independente, Torcida Fanati-Cruz, Máfia Azul, Cachazeiros, Torcida Jovem, China Azul e Geral Celeste. Os torcedores interessados em doar para a campanha podem entregar cestas básicas nas sedes da Máfia Azul (Rua dos Timbiras, 2878 – Barro Preto), Pavilhão Independente (Rua Rio Grande do Sul, 198 – Barro Preto) e China Azul (Rua Mendes de Oliveira, 657 – Santo Andre).

“Até o momento, já foram arrecadadas 15 toneladas de alimentos em cestas básicas para ajudar a população carente, enquanto o mundo luta contra a COVID-19. O Conselho Azul fazendo o papel do Estado. Obrigado aos que estão doando e nos ajudando nessa honrosa batalha. A população sabe que pode contar com as torcidas do Cruzeiro”, diz o conselho em imagem publicada nas redes sociais.

Pelas redes sociais, o zagueiro Leo aceitou o desafio de participar da campanha para arrecadar alimentos e se comprometeu a doar 50 cestas básicas. Além disso, ele convocou “três guerreiros” a participarem da campanha: o ex-jogador do Cruzeiro, Sorin, o padre Fábio de Melo e o cantor e compositor Samuel Rosa, do Skank.


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade