Publicidade

Estado de Minas VÔLEI

Minas segue na cola do Praia


postado em 04/03/2020 00:06

Perto do fim da fase de classificação da Superliga Feminina de Vôlei, Praia e Minas mantêm a disputa árdua pela liderança. Ontem à noite, pela 10ª rodada do returno da competição, os times mineiros bateram Flamengo (3 a 0) e Osasco (3 a 1), respectivamente, e mantiveram as posições no topo da tabela. A equipe de Uberlândia venceu o rubro-negro em casa, com parciais de 25/17, 25/21 e 25/18. As minas-tenistas jogaram como visitantes, em São Paulo, e triunfaram com um pouco mais de dificuldade: 25/20, 14/25, 25/14 e 25/23.

O Praia se manteve na liderança isolada da Superliga, com 56 pontos (19 vitórias e uma derrota), enquanto o Minas persegue o rival e ocupa a segunda posição: 54 pontos – ganhou 18 jogos e perdeu dois. O terceiro colocado é o Sesc-RJ, que bateu o São Caetano por 3 a 0 (25/11, 25/15 e 25/21) e chegou aos 51.

Praia e Minas têm mais duas partidas a cumprir na fase de classificação do torneio. Na sexta-feira, a equipe do Triângulo vai enfrentar o Sesi Bauru, às 19h, no Ginásio Panela de Pressão, no interior paulista. No mesmo dia, o Minas visitará o Sesc-RJ, às 21h30, no Ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.
Na rodada final, na terça-feira da semana que vem, as equipes mineiras farão o clássico regional, às 21h30, em BH, quando decidirão a liderança.

Destaques Na vitória do Praia, o destaque foi a central Walewska, eleita a melhor em quadra e premiada com o Troféu VivaVôlei. A ponteira Fernanda Garay terminou como a principal pontuadora (14 acertos). O time de Uberlândia fechou o jogo em 1h22 de disputa, levou alguns sustos, mas confirmou o favoritismo diante do já eliminado Flamengo.

Já no triunfo minas-tenista, o destaque foi a central Thaisa, escolhida a melhor em quadra e premiada com o Troféu VivaVôlei. Ela foi a principal pontuadora (21 acertos), sendo figura importante no bloqueio, a grande arma mineira, ao lado de Carol Gattaz. A capitã fechou a partida com 18 pontos.

Superliga Masculina
O jogo entre Sesi-SP e Cruzeiro, hoje, às 19h, no Ginásio de Vila Leopoldina, em São Paulo, pela nona rodada do returno da fase de classificação da Superliga Masculina, coloca frente a frente dois times que protagonizaram nada menos que oito finais de torneios nacionais. Foram quatro pela Superliga, três na Copa Brasil e uma na Supercopa. A vantagem nesse duelo é do time mineiro, que ganhou três finais da Supercopa e três da Copa Brasil. Na Supercopa, os paulistas levaram a melhor. O Cruzeiro lidera a Superliga, com 53 pontos (18 vitórias e apenas uma derrota), é dono do melhor ataque e tem a terceira melhor defesa. O Sesi está em quarto lugar, com 36 pontos. Já classificado, o Minas também joga hoje: às 20h, no Paraná, contra o lanterna e eliminado Ponta Grossa. A rodada terá ainda América x Maringá e Ribeirão Preto x Campinas, às 19h30; e, às 20h, Blumenau x Itapetininga e Taubaté x Sesc, às 20h. Os jogos serão transmitidos pelo CanalVôleiBrasil.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade