Publicidade

Estado de Minas CRUZEIRO

Goleiro Fábio quer aprimorar jogadas com os pés

Consagrado e ídolo do Cruzeiro, Fábio treina para melhorar seu desempenho nos lançamentos e nos passes com os pés, especialidade de Rogério Ceni, o novo treinador celeste


postado em 22/08/2019 04:00 / atualizado em 21/08/2019 21:31

Para se adaptar ao estilo do novo técnico, Fábio vai aprimorar as jogadas pelo chão (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 10/7/18)
Para se adaptar ao estilo do novo técnico, Fábio vai aprimorar as jogadas pelo chão (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 10/7/18)


Os últimos treinos do Cruzeiro têm chamado a atenção devido à mudança de postura de um jogador em especial, que é ídolo da torcida: o goleiro Fábio. Jogador mais experiente do time titular, com 38 anos, o camisa 1 vem fazendo trabalhos específicos para melhorar o desempenho com os pés e fazer fluir mais o jogo da equipe. A expectativa é de que o goleiro seja mais participativo pelo chão na partida contra o CSA, domingo, em Alagoas.

A novidade é uma exigência de Rogério Ceni para que o Cruzeiro seja mais efetivo nas saídas de bola da defesa. Nos últimos dias, o treinador – que foi goleiro consagrado e conquistou títulos expressivos no São Paulo – conversou com o titular da meta celeste e com o preparador Robertinho para que haja mais interação entre Fábio e os zagueiros e laterais do time, exigência no futebol moderno.

O comandante cruzeirense entende que o camisa 1 pode aprender novos fundamentos e enriquecer seu vasto repertório: “Fico muito contente por ele confiar no que eu falo pra ele. Não tenho nada para ensinar ao Fábio como goleiro, mas de começar a trabalhar a bola com o pé, fazer um passe, dois, três lançamentos... Fico muito feliz por ver um cara de quase 39 anos, já consagrado, campeão, tentar acrescentar algo mais ao estilo de jogo”.

Sem os zagueiros

 
A dupla de zaga titular do Cruzeiro ficou fora do treino de ontem, na Toca da Raposa II, e não tem presença assegurada para encarar o CSA. Dedé fez trabalho de fisioterapia depois de deixar o jogo contra o Santos, domingo, com cãibras – ele foi substituído no início do segundo tempo pelo jovem Cacá. Já Leo se recupera de cansaço muscular e segue fazendo tratamento no departamento médico. Outra opção para o setor é Fabrício Bruno, titular contra o Peixe. No meio-campo, há a expectativa de Robinho ser aproveitado. O armador segue fazendo preparação física especial para ser mais aproveitado por Rogério Ceni.
 
 

"Não tenho nada para ensinar ao Fábio como goleiro, mas de começar a trabalhar a bola com o pé, fazer um passe, dois, três lançamentos... Fico muito feliz por ver um cara de quase 39 anos, já consagrado, campeão, tentar acrescentar algo mais ao estilo de jogo"

Rogério Ceni, treinador cruzeirense

 


Publicidade