Publicidade

Estado de Minas

Terceira tentativa

Ex-coordenador técnico do clube, Felipe Conceição estreia no comando do Coelho com a missão de fazer o time reagir


postado em 20/07/2019 04:13

Felipe Conceição, de 40 anos, tentará extrair do grupo o que nem Maurício Barbieri nem Givanildo Oliveira conseguiram(foto: Estevão Germano/América)
Felipe Conceição, de 40 anos, tentará extrair do grupo o que nem Maurício Barbieri nem Givanildo Oliveira conseguiram (foto: Estevão Germano/América)


O início desastroso na Série B do Campeonato Brasileiro obriga o América a reagir o quanto antes para não se complicar na luta contra o rebaixamento. Depois de ser goleado por 4 a 0 em casa pelo Figueirense, culminando na demissão do técnico Maurício Barbieri, o time alviverde busca hoje a segunda vitória como visitante, diante do Villa Nova, às 16h30, no Serra Dourada pela 11ª rodada.

Será a estreia de Felipe Conceição, de 40 anos, que era coordenador técnico do Coelho e foi efetivado treinador pela diretoria americana. Ele tem experiência no comando de São Gonçalo-RJ (2012), Botafogo (2018) e Macaé (2018). Será o terceiro alviverde em 2019 – o pernambucano Givanildo Oliveira foi demitido após início mediano do time na Segunda Divisão. A expectativa é de que Conceição, nascido em Nova Friburgo (RJ), possa organizar a equipe do Coelho taticamente e dar uma injeção de ânimo aos atletas na difícil luta para atingir posição segura na classificação.

O atacante Jonatas Belusso entende que é necessário estabelecer metas a curto prazo: “O primeiro ponto é cair a ficha. Demoramos para entender a situação. É um momento completamente delicado e poucos atletas aqui passaram por isso. Estamos numa zona de rebaixamento e nossa luta é para sair disso. Mas, jogo a jogo, podemos voltar a somar pontos. Daqui a 10 rodadas, podemos estar em outra situação”.

Nesta tarde, o Coelho vai encarar um adversário em condição parecida. O Vila Nova só obteve duas vitórias em 10 jogos na competição e aparece na parte de baixo da classificação. Recentemente, também trocou de treinador: Marcelo Cabo substituiu Eduardo Baptista, demitido após a derrota para o Atlético-GO por 2 a 0. Jonatas Belusso adverte os companheiros sobre os perigos em Goiânia: “Vamos ter um jogo muito difícil. O Marcelo Cabo está assumindo o comando e tem moral no estado. Vai ter um bom número de torcedores do Vila no estádio. Será preciso marcarmos forte, tentar não tomar gol, e em momento esporádicos converter as chances que criarmos”.

BASE Por falta de tempo para treinos e também por contar com grupo enxuto, Felipe Conceição deve mandar uma base parecida à que foi goleada pelo Figueirense. Ele comandou atividades fechadas nesta semana e não deu pistas da estratégia a ser utilizada hoje.

FICHA TÉCNICA
Vila Nova-GO x América
Vila Nova-GO: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Wesley Matos, Diego Jussani e Romário; Ramon, Neto Moura e Alan Mineiro; Mateus Anderson, Bruno Mota e Alan Carius
Técnico: Marcelo Cabo
América: Jori; Diego Ferreira, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Willian Maranhão, Juninho, Michel Bastos e Felipe Azevedo; Jonatas Belusso e Rafael Bilu
Técnico: Felipe Conceição
11ª rodada da Série B do Brasileiro
Estádio: Serra Dourada
Horário: 16h30
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos e Edevan de Oliveira (BA)
Americanos pendurados: Pedrão, Luiz Fernando e França
TV: Sportv


Publicidade