Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Santana quer observar os reforços contra a Chape


postado em 13/07/2019 04:08


O revés no clássico já é página virada para o Atlético. O objetivo do técnico Rodrigo Santana e do restante da comissão técnica é deixar o grupo totalmente concentrado no jogo de volta contra o Cruzeiro, quarta-feira, no Independência. Até mesmo para blindar os jogadores de possíveis críticas, o treinador já definiu que o Galo jogará com time reserva contra a Chapecoense, amanhã, às 19h, na Arena Condá, no retorno do Campeonato Brasileiro.

Os titulares ficam em Belo Horizonte e treinam hoje pela manhã. No Sul, Rodrigo mandará uma equipe com atletas experientes, casos do zagueiro Leonardo Silva, de 40 anos, e do atacante Ricardo Oliveira, de 39. A comissão técnica aproveitará para observar o desempenho dos estrangeiros que recém-chegaram no clube: o lateral-esquerdo Hernández e o volante Ramírez estreiam como titulares.

Rodrigo pretende também observar os armadores Otero e Geuvânio, que passam a entrar nos planos para começar como titulares. Eles entraram no segundo tempo diante do Cruzeiro, mas não conseguiram mudar o panorama do jogo. Em relação ao venezuelano, a comissão técnica entende que ele precisa de mais aprimoramento da questão física, pois esteve parado há mais tempo desde que voltou de empréstimo do futebol árabe.

Ainda que mantenha a esperança de reviravolta contra o Cruzeiro, o objetivo em pauta no Sul é voltar ao grupo dos quatro primeiros, posição que a equipe ocupou em boa parte da reta inicial da competição. “O resultado no domingo é importante para voltar com confiança. Vamos procurar fazer grande jogo, pois o Brasileiro é importante para a gente e ainda queremos ir bem na Copa do Brasil”, afirma Rodrigo.


Publicidade