Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Cruzeiro em duas frentes

De manhã, time celeste faz jogo-treino com o América, na Toca II. No fim do dia, serão eleitos novos integrantes do Conselho Fiscal


postado em 01/07/2019 04:08

Mano Menezes manda a campo formação que deve atuar contra o Atlético, dia 11(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Mano Menezes manda a campo formação que deve atuar contra o Atlético, dia 11 (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

Cruzeiro e América disputam, hoje, a partir das 10h, na Toca da Raposa II, um jogo-treino que acabou ficando em segundo plano. As atenções da torcida estão voltadas para os bastidores do clube celeste, bastante tumultuados desde que vieram à tona denúncias de irregularidade, que levaram até à renúncia de integrantes do Conselho Fiscal, pela dificuldade em acessar os documentos para averiguação da situação – os novos membros serão conhecidos hoje, em eleição marcada para começar às 17h30. Existe ainda a expectativa de resposta da Justiça do pedido de liminar feito por conselheiros requisitando o afastamento do vice-presidente de futebol da Raposa, Itair Machado.

Na disputa pelo conselho fiscal, pela primeira vez, concorrem duas chapas. Uma, a Transparência, representa a oposição. Do outro, a Chapa Força Azul, da situação. Conselheiros da oposição denunciam que essa chapa não deveria existir, pois foi formada por nomes indicacos pelo presidente Wagner Pires de Sá e não teria, assim, independência para fiscalizar as ações da diretoria.

No campo, não tão alheios aos acontecimentos de bastidores, os jogadores do Cruzeiro entram em campo para enfrentar o América. As duas equipes estão em situação semelhante no Campeonato Brasileiro: ocupam1 a 18ª posição, a Raposa na Série A e o Coelho na B. Tanto o técnico celeste, Mano Menezes, como o comandante americano, Maurício Barbieri, esperam conseguir acertar a equipe para a retomada da temporada, que está em recesso por causa da Copa América.

O Cruzeiro, além de se preocupar com o Brasileiro, tem uma situação ainda mais imediata: o primeiro jogo eliminatório contra o Atlético, pela Copa do Brasil, no dia 11, no Mineirão. Mano Menezes não contará com Orejuela e Edilson, que estão no Departamento Médico, além de Rodriguinho e Pedro Rocha, entregues à preparação física. O volante Lucas Romero deve ser improvisado de novo na lateral-direita. Como Lucas Silva não está mais no grupo, existe a possibilida de entrada de Jadson no meio-campo.

COELHO No América, o momento é de reconstrução. Barbieri se preocupa com o entrosamento da equipe, em especial, do ataque, que marcou apenas seis gol em oito jogos, sendo o terceiro pior da Série B. Na retomada, ele tem três baixas: o lateral-direito Ronaldo, que operou o joelho direito; o volante Luiz Fernando, com incômodo muscular na coxa direita; e o goleiro Fernando Leal, em fase de recuperação física.

“Se pensamos em crescer, temos de jogar contra boas equipes também. No último jogo-treino, conseguimos colocar em prática algumas coisas que treinamos. As vitórias nem são tão importantes e, sim, como jogamos. Temos que apresentar um bom futebol, com o jogo fluindo e muita movimentação. Será um bom teste”, diz o zagueiro Paulão.


Publicidade