Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Lewis Hamilton dispara


postado em 24/06/2019 04:06

Pela sexta vez em oito corridas na temporada, Hamilton (C) terminou na frente(foto: Boris Horvat/AFP)
Pela sexta vez em oito corridas na temporada, Hamilton (C) terminou na frente (foto: Boris Horvat/AFP)


O britânico Lewis Hamilton cruzando a linha de chegada em primeiro, cena mais vista neste ano na Fórmula 1, voltou a se repetir ontem. O piloto da Mercedes dominou a corrida em Le Castellet de ponta a ponta e venceu o GP da França com tranquilidade, conquistando seu sexto triunfo em 2019, o 79º na carreira. Com a quarta vitória consecutiva, Hamilton ampliou ainda mais a vantagem na liderança do Mundial de Pilotos: após oito etapas, tem 187 pontos, agora com 36 de vantagem para o companheiro de escuderia, o finlandês Valtteri Bottas, segundo colocado. Sebastian Vettel,da Ferrari, permanece em terceiro, com 111.

“Tenho corrido há muito tempo, mas nunca parece o bastante. Não poderia fazer o que faço sem este time incrível. Estamos fazendo história juntos”, festejou o pentacampeão mundial, que caminha a passos largos para seu sexto título. “Ele não é imbatível. Só preciso trabalhar duro”, disse Bottas, negando que o título já esteja nas mãos de Hamilton.

DOBRADINHA Bottas cruzou em segundo e a Mercedes conseguiu a sexta dobradinha em oito corridas neste ano. No Mundial de Construtores, está disparado na ponta, com 338 pontos, 140 a mais que a Ferrari.

O monegasco Charles Leclerc colocou a Ferrari na terceira colocação e completou o pódio. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, chegou em quarto, logo à frente de Vettel. O alemão, que havia sido o primeiro no GP do Canadá, mas foi punido e acabou ficando com o segundo posto, mostrou arrojo para sair do sétimo lugar e terminar em quinto. De quebra, com pneus macios, levou um ponto extra pela melhor volta no circuito de Paul Ricard.

A próxima corrida da Fórmula 1, a nona de um total de 21 nesta temporada, será o GP da Áustria, domingo.



Publicidade