Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Conmebol pune o Galo outra vez


postado em 22/06/2019 04:07



O Atlético foi multado, mais uma vez, em R$ 96 mil pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conembol) por descumprir as regras nas competições organizadas pela entidade. Desta vez, a punição foi motivada pelo fato de o clube não esconder os escudos do América no duelo com o Unión La Calera, no Independência, em maio, pela fase inicial da Copa Sul-Americana.

Foi a sétima vez que o alvinegro foi penalizado pela Conmebol nesta temporada, totalizando R$ 240 mil de pagamentos de multas. Na partida em questão, o clube não pôde cobrir os escudos do América em virtude de uma liminar obtida pelo Coelho na Justiça impedindo que a identidade visual do proprietário do estádio seja comprometida em eventos esportivos.

O Atlético já havia recebido sanção também por não esconder o símbolo do América, por usar da forma errada o emblema da Libertadores no uniforme e pelo comportamento da torcida. O valor das multas é descontado nas cotas televisivas ou nas premiações por fase.

Durante algum tempo, o Galo se livrou das punições por ter mandado três jogos da fase inicial da Copa Libertadores no Mineirão. Classificado na Copa Sul-Americana, o alvinegro ainda não indicou o estádio onde pretende mandar o duelo com o Botafogo, no mês que vem, pela segunda fase – a partida de ida será no Engenhão.

Às decisões não cabem recurso e atrapalham uma reaproximação do clube alvinegro com a Conmebol. Dirigentes do clube se encontraram com o presidente da entidade, Alejandro Domínguez, no jogo entre Argentina e Paraguai, no Mineirão, pela Copa América, para tentar iniciar um entendimento e diminuir o índice de multas.

Para tentar estabelecer boa relação com a Conmebol, o Atlético também cedeu a Cidade do Galo como locais de treinamento das seleções durante a Copa América.

FINAL A sede da final da Copa Sul-Americana mudou pela segunda vez. Marcada inicialmente para Lima, ela havia sido transferida para Assunção, no Defensores del Chaco. Ontem, no entanto, a Conmebol informou que a decisão será em outro estádio, o La Olla Azulgrana, do Cerro Porteño.


Publicidade