Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Nada de jogar por empate


postado em 18/06/2019 04:07

Confirmada para encarar a Itália, Marta promete postura ousada:
Confirmada para encarar a Itália, Marta promete postura ousada: "Estou confiante de que vamos buscar essa classificação" (foto: Rener Pinheiro/Mowa Press)


Brasil e Itália, donos de cinco e quatro títulos mundiais no futebol masculino, mas nenhum no feminino, se enfrentam hoje, às 16h (de Brasília), em Valenciennes, pela Copa do Mundo da França, com diferentes objetivos: as brasileiras tentam garantir vaga nas oitavas de final (e para isso basta o empate), enquanto as italianas buscam selar o primeiro lugar do Grupo C. O jogo será transmitido por Band, Globo e Sportv. No mesmo horário, a Jamaica, que não pontuou, e a Austrália, que tem 3 pontos como o Brasil, duelam em Grenoble.

Surpresa do grupo, a Itália precisa apenas da igualdade para garantir a liderança e a presença na próxima fase. Mas as brasileiras prometem buscar a vitória, sem se acomodar. Vencendo, dependem do resultado entre australianas e jamaicanas para confirmar a posição, se líderes ou em segundo lugar. Derrota, porém, pode representar eliminação.
 
Para a Seleção Canarinho, a boa notícia é a confirmação da escalação da armadora Marta. O técnico Vadão antecipou que ela começará jogando. Ao lado do treinador na entrevista coletiva, no entanto, ela não garantiu que permanecerá o tempo inteiro em campo. Vai depender da situação física, já que vem de lesão coxa esquerda. Contra a Austrália, na quinta-feira, atuou apenas no primeiro tempo.
 
“Estou pronta para jogar. Quanto tempo, a gente vai ter que sentir no decorrer de tudo isso. A vontade é de estar no jogo, ajudar o máximo possível e ver quantos minutos dá para jogar”, disse a camisa 10. “Obviamente, ela sai jogando. O tempo vai depender da intensidade dela. Não dá para prever. Estamos tomando cuidado para prolongar o máximo possível. Esperamos que ela possa jogar um pouco mais (que 45 minutos). No intervalo, vamos conversar e saber como está. Não vamos fazer nenhum tipo de loucura”, afirmou Vadão.
 
A lesão ocorreu ainda no período de preparação da Seleção em Portugal. Agora, Marta diz que terá de apostar na superação. “Estou bem. Quando você fica sem treinamento intensivo, sente. Mas acho que vocês puderam sentir a minha vontade, a minha garra e meu desempenho. E tenham certeza de que, independentemente de ter perdido alguns treinos, estou procurando sempre estar bem fisicamente”, disse a jogadora de 33 anos, esbanjando otimismo: “Estou confiante de que vamos dar conta e buscar a classificação contra uma equipe que está crescendo devido ao desenvolvimento que está ocorrendo em seu país”.
 
Vadão confirmou que Andressinha será a substituta da volante Formiga, suspensa por ter recebido dois cartões amarelos. Marta lamentou bastante a ausência da meio-campista veterana, de 41 anos. “A Formiga é insubstituível. Ela é diferente, de outro planeta, os números não escondem. Tem uma longevidade fora de série”.

CLASSIFICADAS Fechando a terceira rodada, a França venceu a Nigéria por 1 a 0, enquanto a Noruega bateu a Coreia do Sul por 2 a 1, com francesas e norueguesas se classificando. Líder da Chave B e classificada para as oitavas de final, a Alemanha goleou a África do Sul por 4 a 0, e a Espanha, também garantida na etapa seguinte, empatou por 0 a 0 com a China.
 
 


Publicidade