Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Argentina começa com derrota para a Colômbia


postado em 16/06/2019 04:09

Martinez comemora o primeiro gol colombiano na Fonte Nova(foto: Juan MABROMATA / AFP)
Martinez comemora o primeiro gol colombiano na Fonte Nova (foto: Juan MABROMATA / AFP)

 

Sem conquistar um título desde 1993, a Argentina começou sua caminhada na Copa América ontem, diante da forte Colômbia, na Fonte Nova, em Salvador, com tropeço categórico. Messi, sozinho, não vai acabar com este jejum, os coadjuvantes têm de ajudar, e não têm feito. Os colombianos não têm nada com isso e, com futebol superior e de qualidade, venceram os hermanos por 2 a 0, com dois belos gols de Martínez e Zapata, ambos no segundo tempo.


Argentina e Colômbia fizeram um bom início de jogo, com os colombianos, surpreendentemente, superiores. Encurralada, a equipe albiceleste, sem saída de bola, não conseguia colocar o craque Messi no jogo, como deveria. O jogo até que começou equilibrado, com as equipes bem posicionadas e distribuídas em campo. A marcação forte e a rápida troca de passes fazia o duelo ficar concentrado no meio-campo. A partida ficou movimentada, sem muito tempo para pensar.


No entanto, o ímpeto inicial foi reduzido e a Colômbia, com mais posse de bola, criou mais que a Argentina. Como a bola não chegava a Messi, o ataque argentino não apareceu tanto e a defesa, pressionada, sofreu. Do lado colombiano, James Rodríguez foi mais atuante e o perigoso Falcao deu dor de cabeça para Otamendi e companhia. Cuadrado foi outro jogador participativo que deu trabalho aos argentinos.


Faltou força à Argentina, que chegou a ser vaiada em Salvador, com boa presença de colombianos e, certamente, brasileiros, pela rivalidade, aumentando esse coro. Sem o brilhantismo de Messi, Di María, horrível, e Agüero, os argentinos saíram no lucro para o intervalo. Sem falar da instabilidade da defesa e falta de força no meio-campo. Messi não irá resolver tudo sempre, e sozinho.


No segundo tempo, a Argentina voltou melhor, finalizando mais, no entanto, a Colômbia sempre foi mais perigosa e acabou premiada com os gols. Aos 25min, golaço de Roger Martínez. James Rodríguez inverteu o jogo para o atacante, na esquerda, que passou por Saravia e chutou uma bomba no canto de Armani, que não teve chance de defesa. E, aos 40min, outro belo gol de Duván Zapata. Roger Martínez tocou para Tesillo na linha de fundo, o lateral cruzou forte na pequena área e o atacante apareceu entre os dois zagueiros da Argentina para mandar para o gol.

CATAR E PARAGUAI

 

A Copa América começa hoje para Catar e Paraguai. As duas seleções se enfrentam no Maracanã, às 16h (de Brasília). Os asiáticos foram convidados para o torneio e não querem fazer feio. Já os paraguaios buscam retomar o bom futebol, já que vive momento de instabilidade. Sem se classificar para as Copas do Mundo de 2014 e 2018, a missão é voltar a fazer bonito no seu continente.


Publicidade