Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Para confirmar a reação

Depois da primeira vitória na competição, América terá pedreira pela frente, diante do Bragantino. Barbieri chega com pelo menos duas dúvidas no ataque contra o líder, fora


postado em 11/06/2019 04:07

Neto Berola pode começar como titular em Bragança, mas há chance também para Marcelo Toscano(foto: Daniel Hott/América/Divulgação)
Neto Berola pode começar como titular em Bragança, mas há chance também para Marcelo Toscano (foto: Daniel Hott/América/Divulgação)


Confiante depois de vencer sua primeira partida no Brasileiro da Série B (3 a 1 sobre o CRB, em Maceió), o América volta a campo hoje para enfrentar o Bragantino, às 20h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Uma nova vitória poderá tirar o time da zona de rebaixamento. O Coelho tem 5 pontos, é o 18º colocado, à frente de Guarani e Vitória, um atrás do Criciúma e dois de São Bento, Operário-MT e Vila Nova. O Bragantino, com 16 pontos, é o líder.

O técnico Maurício Barbieri deve manter o esquema de jogo do triunfo em Alagoas, com o meio formado por Zé Ricardo, Juninho e Luiz Fernando, o que fez do setor mais coeso e com maior proteção à defesa. Isso possibilitou mais liberdade aos atacantes. E justamente pelo bom desempenho no jogo de sábado, o treinador tem dúvidas quanto à escalação do ataque.

Barbieri está entre Marcelo Toscano e Neto Berola, jogando mais pela direita, e também Felipe Azevedo ou Jonatas Belusso. Quem garantiu posição, não só pelo gol, mas também pela movimentação e criação, foi o jovem Bilu, recém-chegado ao clube, muito elogiado depois da partida de sábado.

Mesmo sentindo um pouco a falta de ritmo, o zagueiro Ricardo Silva enxerga evolução. “O entrosamento com os meus companheiros tem melhorado. Estamos nos entendendo melhor, todo o time. A vitória de sábado foi importante, pois nos devolveu a confiança. Quando não se conquista o que se almeja, a autoestima cai bastante”.

Segundo ele, o fato de jogar duas partidas seguidas como visitante é um desafio extra. “Sabemos das dificuldades, principalmente por jogar fora de casa, mas não é impossível vencer duas vezes na casa dos adversários.”

CONFIANÇA Para o lateral-direito Leandro Silva, autor de um dos gols na vitória, o resultado marca o início da retomada alviverde. “Abrimos o placar e o CRB empatou logo em seguida, mas não abaixamos a cabeça e continuamos no ataque. Tive a felicidade de fazer o segundo gol e fechamos o jogo em 3 a 1. O resultado foi muito importante, porque estávamos precisando muito da vitória. Acredito que irá iniciar nossa reação no campeonato.”

Segundo ele, o fato de enfrentar o líder preocupa, mas confia em triunfo. “Temos mais um jogo muito difícil fora de casa. Respeitamos o Bragantino, que é o líder do campeonato, mas vamos para fazer um bom jogo e lutar por mais um resultado positivo.”

FICHA TÉCNICA
Bragantino x América
Bragantino: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Pio, Pedro Naressi e Ytalo; Wesley, Claudinho e Thiago Ribeiro.
Técnico: Antônio Carlos Zago
América: Thiago, Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Luiz Fernando; Marcelo Toscano (Neto Berola), Jonatas Belusso (Felipe Azevedo) e Bilu
Técnico: Maurício Barbieri
8ª rodada da Série B do Brasileiro
Estádio: Nabi Abi Chedid
Horário: 20h30
Árbitro: Breno Arlem de Araújo (CBF)
Assistentes: Diogo Carvalho Silva e Gabriel Conti Viana (CBF)
Americanos pendurados: Pedrão, França, Luiz Fernando e Leandro Silva



Publicidade