Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Dos gramados para a delegacia

Cortado da Seleção por causa da lesão no tornozelo direito, Neymar depôs ontem na Cidade da Polícia, no Rio. Patrocinador suspende veiculação de propaganda com imagem do jogador


postado em 07/06/2019 04:08

Neymar chega em cadeira de rodas para prestar depoimento na Cidade da Polícia, no Rio(foto: JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)
Neymar chega em cadeira de rodas para prestar depoimento na Cidade da Polícia, no Rio (foto: JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)


Cortado da Seleção Brasileira por causa de lesão no ligamento do tornozelo direito sofrida durante o amistoso contra o Catar, quarta-feira, Neymar teve um dia agitado ontem. Ele antecipou seu depoimento, previsto para hoje, e causou um tumulto na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro, onde recebeu apoio de muitas pessoas que o aguardavam. O jogador prestou esclarecimentos sobre a divulgação de fotos íntimas de Najila Trindade, que o acusa de agressão e estupro. Antes, a Mastercard, uma das patrocinadoras da Seleção Brasileira, anunciou que suspendeu uma propaganda com o camisa 10 que seria veiculada durante a Copa América. A razão, segundo nota oficial da empresa, é a polêmica envolvendo a acusação de estupro contra o jogador.

O depoimento de Neymar, que chegou à delegacia em cadeira de rodas, durou cerca de 1h40min. O atacante não respondeu aos jornalistas, mas agradeceu ao apoio recebido de populares: “Só queria dizer que me senti muito amado e queria agradecer pelo carinho de todos”.

A Mastercard soltou uma nota sobre o cancelamento da campanha com o jogador: “Temos uma série de ativações de marketing planejadas para o decorrer do campeonato que são focadas em promover o uso do pagamento por aproximação. Tomamos a decisão de parar aquelas ativações que incluem o embaixador da marca até que o assunto seja resolvido”.

Mais acusações O programa Cidade Alerta, da TV Record, divulgou mensagem de áudio de Najila Trindade, supostamente enviada a Neymar após o jogador ter ido às redes sociais e rebatido a acusação de estupro. Na mensagem, a modelo sugere que o jogador estava drogado no momento do encontro. “Vou pedir um exame antidroga para saber se naquela data você não estava drogado”, comentou. Ela também pede que o craque da Seleção Brasileira assuma o erro que cometeu.

“Olha só Neymar, você sabe muito bem o que aconteceu, o estado em que você chegou àquele hotel. Eu estava indo ver você numa boa, na moral. Eu não queria nada disso e você chegou lá totalmente louco, maluco, e fez o que fez comigo. Depois agiu como ninguém. Você sabe do seu erro. Você deveria ser homem pelo menos uma vez na vida e assumir seu erro, e não ficar na internet fingindo que ‘quem me conhece sabe’. Quem te conhece, que nada”, disse Najila.

A nova advogada de Najila, Yasmin Abdala, anunciou que sua cliente está recebendo ameaças e teve seu apartamento, na Zona Sul de São Paulo, arrombado na noite de quarta-feira. A defensora falou também sobre o quadro atual de sua cliente, dizendo que ela está muito abalada, e ainda que Najila deverá prestar depoimento hoje. A polícia, no entanto, não confirma. Ela já foi intimada duas vezes, mas não foi à delegacia.

Na quarta-feira à noite, Danilo Garcia de Andrade, que também advoga para Najila, havia denunciado que a cliente estaria recebendo ameaças de morte. “Eles dizem ‘você não vai durar muito’ e coisas desse tipo.” Uma queixa foi registrada junto à polícia.

O antigo defensor de Najila, o advogado José Edgard da Cunha Bueno Filho, que deixou a defesa da suposta vítima de estupro de Neymar, prestou depoimento, ontem, na 6ª Delegacia de Polícia da Mulher, em São Paulo. Ele não tinha sido intimado, mas atendeu a convite feito pela delegada que cuida do caso, Juliana Bussacos. Segundo ela,o advogado foi à delegacia apenas para complementar informações e esclarecer pontos de seu depoimento anterior.

PSG O Paris Saint-Germain se manifestou pela primeira vez, desde a chegada de Neymar ao Brasil. Mas não falou sobre a acusação de estupro e, sim, sobre a contusão. “O jogador brasileiro do Paris Saint-Germain será reavaliado pelo departamento médico do clube dentro de 72 horas para determinar a abordagem terapêutica a ser seguida e determinar o prognóstico.” A tendência é que Neymar precise de seis semanas para se recuperar.

Desde que se transferiu para o futebol europeu, em 2013, o craque já sofreu 18 contusões. Foram quatro problemas na coxa direita e quatro na esquerda; dois no pé esquerdo, cinco no direito, um na costela, um na lombar, uma caxumba e agora o rompimento do ligamento do tornozelo.


Tite já tem substituto 
A Seleção Brasileira chegou a Porto Alegre ontem sem badalação. No domingo, a equipe disputa amistoso com Honduras, às 16h, no Beira-Rio, o último antes da estreia na Copa América. O técnico Tite já tem o nome do jogador que vai substituir Neymar, segundo o coordenador de seleções Edu Gaspar. “A decisão já foi tomada pelo Tite, mas temos que conversar com a Conmebol. Enviamos o laudo médico para que eles possam ver, ter o corte do Neymar e a gente incorporar outro. Está bem encaminhado”, afirmou. O goleiro Alisson e o atacante Firmino, do Liverpool, se juntaram à delegação ontem.


Publicidade