Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Contra o lanterna, grande chance de reencontrar a vitória


postado em 24/05/2019 04:07

O América apresentou ontem o volante Luiz Fernando e o goleiro Thiago. E hoje aguarda a chegada de Michel Bastos(foto: Mourão Panda/América)
O América apresentou ontem o volante Luiz Fernando e o goleiro Thiago. E hoje aguarda a chegada de Michel Bastos (foto: Mourão Panda/América)

 

Em situação delicada no começo da Série B do Brasileiro, o América precisa quebrar a sequência ruim de resultados como visitante para deixar a parte de baixo da classificação. O time mineiro viajou ontem para o Rio Grande do Sul, onde encara o lanterna, Brasil-RS, amanhã, às 19h, em Pelotas, pressionado devido às três derrotas em quatro jogos no início da competição. O último resultado positivo como visitante foi há exatos três meses: sobre o Boa por 2 a 1, em 24 de fevereiro, pelo Campeonato Mineiro.

O time alviverde tenta se beneficiar do momento ruim do adversário, que ainda não pontuou e nem fez gol na Segunda Divisão nacional. “É um jogo difícil, independentemente da situação do Brasil de Pelotas. Eles são fortes em casa, brigam muito e fazem jogo viril de primeira e segunda bolas. Em qualquer circunstância, seria difícil e, certamente, será muito disputado. Temos que ter maturidade para saber os momentos do jogo e encontrar os espaços que precisamos”, avalia o técnico Maurício Barbieri.

Ele ficou insatisfeito com o rendimento do Coelho depois da derrota para o Sport por 2 a 1, em pleno Independência. Por isso, pode fazer mudanças táticas na equipe que joga no Sul. “Estou estudando ainda, mas pode ser que eu faça mudanças no time. Vai depender dos treinos que temos até sábado (amanhã). Estamos estudando muito o Brasil de Pelotas para tentar surpreendê-lo de alguma maneira”, afirma.

A equipe continua com desfalques. O goleiro Fernando Leal cumpre cronograma de reforço muscular e reequilíbrio após sentir dor nos joelhos. Com isso, Jori continua como titular. Já o armador Matheusinho, que teve um estiramento na panturrilha esquerda, segue em evolução em seu tratamento.

REFORÇOS APRESENTADOS Em meio à fase ruim na Série B, o clube tem trazido os reforços prometidos pela diretoria. Ontem, o Coelho apresentou o goleiro Thiago, de 22 anos e o volante Luiz Fernando, de 24. O primeiro estava na categoria de base do Flamengo e o segundo pertence ao Fluminense. A princípio, ambos chegam para preencher o grupo para a Segunda Divisão nacional. O Coelho também contratou o experiente Michel Bastos, que é esperado hoje no Lana Drumond, mas só deve estar apto para jogar nos próximos dias.

Thiago foi indicado por Maurício Barbieri, que o comandou na base do rubro-negro carioca. “É importante ter a confiança do Barbieri. Trabalhei com ele ano passado, no Flamengo-RJ, e ele é um cara que conheço há muito tempo. É importante ter o apoio dele. Ele gosta muito de propor o jogo, ficar coma bola. Isso ele vai conseguir implementar aqui e vai dar grandes resultados, certamente”, ressalta o goleiro, que chega para disputar posição com Airton, Jori e Fernando Leal, os demais camisa 1 que estão no grupo.


Publicidade