Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Galo vai de mistão

Comissão técnica deixa a maior parte dos titulares em BH e leva formação mesclada para o jogo de estreia na Sul-Americana, amanhã, contra o chileno Unión La Calera


postado em 20/05/2019 04:05

Papagaio, Lucas Cândido e Terans estão entre os que viajaram: titulares de defesa, meio-campo e ataque foram poupados(foto: BRUNO CANTINI/ATLÉTICO)
Papagaio, Lucas Cândido e Terans estão entre os que viajaram: titulares de defesa, meio-campo e ataque foram poupados (foto: BRUNO CANTINI/ATLÉTICO)


O Atlético vai usar uma formação mista na estreia pela Copa Sul-Americana, amanhã, contra o Unión La Calera. Oito atletas (sete deles titulares na vitória de sábado por 2 a 1 sobre o Flamengo, no Independência, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro) ficarão em Belo Horizonte. A partida será às 21h30, no Estádio Municipal Nicolás Chahuán Nazar. O duelo de volta ocorrerá em 28 de maio, na próxima terça-feira, inicialmente marcado para o Mineirão.

Por questões físicas, o goleiro Victor, o lateral-esquerdo Fábio Santos, o volante Zé Welison, os meio-campistas Luan e Cazares e os atacantes Geuvânio e Ricardo Oliveira foram preservados da viagem. O zagueiro Réver, que deixou o duelo com o rubro-negro aos 45 minutos do primeiro tempo, sofreu fratura no nariz depois de uma trombada com um adversário e ficará em tratamento no departamento médico.

Foi com um time misto que o alvinegro – eliminado precocemente da Copa Libertadores – garantiu vaga na Sul-Americana. Em Barinas, venceu o Zamora por 2 a 1, gols de Alerrandro, um dos que viajam para o confronto no Chile, que será disputado na região de Valparaíso. A partida vale já pela segunda fase da competição, cuja final será em novembro.

Nesta edição, a Copa Sul-Americana teve aumentos significativos em suas premiações. No total, o segundo torneio mais importante do continente vai distribuir US$ 47,2 milhões (R$ 177,8 milhões) em prêmios, representando um crescimento de 31% em relação a 2018.

Ao longo de sua participação, cada finalista poderá arrecadar até US$ 6,75 milhões (R$ 25,4 milhões). O título, especificamente, dará US$ 4 milhões (R$ 15,1 milhões), o que representa alta de 60% em relação a 2018. Cada um dos finalistas garante, adicionalmente, 25% da arrecadação da final única do torneio, que será em Lima, no Peru. Entre equipes brasileiras, além do Atlético, participam Corinthians, Fluminense e Botafogo.

TÉCNICO Para a partida, o Galo chega embalado depois da vitória heroica sobre o Flamengo por 2 a 1 pelo Brasileiro, em que Elias foi expulso no fim do primeiro tempo. Mesmo com prestígio em alta, o técnico Rodrigo Santana segue ainda na condição de interino. No sábado, o português Jorge Jesus, que foi apontado como uma das opções para substituir Levir Culpi, esteve no Independência. A diretoria alvinegra, porém, afirmou-se tratar-se apenas de uma visita e negou que houvesse negociações para contratá-lo.

Questionado depois do duelo com o rubro-negro se poderia bater na porta do presidente Sérgio Sette Câmara e pedir para ser efetivado, Santana foi comedido. “Não. Eu acho que não dá, porque estou aqui de uma forma para ajudar o clube, o elenco, a comissão. Eu acredito que um treinador experiente é diferente para a dimensão do Galo. Estou começando, chegando agora, procuro ir com bastante cautela”.

Transmissão da Sul-Americana só por streaming


Os jogos do Atlético na Copa Sul-Americana serão transmitidos com exclusividade pelo DAZN. O torcedor que quiser acompanhar as partidas e todas as outras da competição precisa assinar o serviço de streaming, com custo mensal de R$ 37,90 – sem contrato de fidelização. As assinaturas podem ser feitas na seção da DAZN, detentor dos direitos de transmissão, no portal Superesportes (superesportes.com.br/dazn).

O serviço é compatível com Smart TVs, celulares, tablets, computadores e consoles de videogames. Novos assinantes terão direito a um mês de acesso grátis à plataforma. Não haverá transmissão de duelos dos times brasileiros em TV aberta.

“As partidas dos times brasileiros nessa segunda rodada da Copa Sul-Americana e pela Recopa são um marco para o lançamento da nossa plataforma no Brasil”, diz Bruno Rocha, vice-presidente executivo do DAZN no país. “Estamos falando de tradicionais clubes do futebol brasileiro e que mobilizam milhões de torcedores. Nosso compromisso é o de promover uma excelente experiência de transmissão ao vivo”, afirma.

A plataforma DAZN transmite também a Série C do Campeonato Brasileiro, partidas do futebol italiano (Séries A e B e Supercopa Italiana), francês (Ligue 1, Ligue 2 e Copa da França), norte-americano (MLS), japonês (J-League), inglês (FA Cup) e africano (Copa Africana de Nações).

Outros esportes estão no catálogo do serviço de streaming. A plataforma exibe basquete (Turkish Airlines EuroLeague e British All-Star Championship basketball), tênis (WTA), automobilismo (NTT IndyCar Series), além de boxe (Matchroom Boxing EUA e Itália) e MMA (Professional Fighters League e da Glory Kickboxing).

 

Bom para um, ruim para outro

O complemento da quinta rodada do Brasileiro foi bom para o Atlético e ruim para o Cruzeiro. O Galo se manteve na vice-liderança, beneficiado pelo empate do São Paulo em 0 a 0 com o Bahia, no Morumbi. Já a Raposa perdeu mais três posições, caindo para 15º. A equipe celeste foi superada pelo Corinthians, que bateu o Athetico por 2 a 0 na Arena da Baixada, por Fortaleza, que virou para 3 a 1 sobre a Chapecoense, na Arena Condá, e ainda o Ceará, que venceu o Grêmio por 2 a 1, no Castelão. O tricolor gaúcho, na zona de rebaixamento, será o próximo adversário do Galo, em Porto Alegre, no sábado. Já o Vasco, lanterna, ficou no 1 a 1 com o Avaí, em São Januário, na estreia do técnico Vanderlei Luxemburgo. No Beira-Rio, o Internacional venceu o CSA por 2 a 0. No Serra Dourada, o Goiás ganhou do Botafogo por 1 a 0.


Publicidade