Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Barbieri quer América mais ofensivo


postado em 18/05/2019 04:11

Maurício Barbieri pede atenção com o ataque do Sport(foto: Daniel Hott/América)
Maurício Barbieri pede atenção com o ataque do Sport (foto: Daniel Hott/América)


O técnico Maurício Barbieri faz os últimos ajustes no time do América que vai enfrentar o Sport amanhã, às 16h, no Independência, em busca da primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro de 2019. O treinador avalia que a equipe precisa sair mais para o jogo atuando em casa, apesar de enfrentar o time que tem um dos melhores grupos da competição, segundo ele.

“Temos evoluído durante a semana em muitos aspectos. Lá em Criciúma tivemos que fazer um jogo mais seguro, um pouco mais cauteloso e buscando criar chances nos erros do Criciúma. Agora, é um jogo em casa, temos que tentar sair mais. Enfrentaremos uma grande equipe que é a do Sport, talvez seja o melhor elenco da Série B, embora ainda não dê para afirmar qual será a equipe a ser batida. Mas, certamente, o Sport está entre os melhores. Temos que ter bastante cuidado e bastante atenção, mas vamos jogar buscando a vitória.”

Barbieri deve manter a mesma equipe que empatou com o Criciúma na última rodada e alerta para a força ofensiva do Sport. “Precisamos nos impor e não ceder espaço a eles porque é uma equipe perigosa, tem homens com capacidade decisiva na frente. Não podemos entrar num jogo franco de “trocação” porque não será vantajoso. Mas temos de ser muito seguros defensivamente e, quando tivermos a bola, sermos mais agressivos para controlar mais o jogo”, analisa.

Homofobia No jogo de amanhã contra o Sport, o América levantará a bandeira da diversidade no Independência. O capitão do time, ainda indefinido, utilizará uma faixa com as cores representativas da bandeira da comunidade LGBT em prol do Dia Internacional contra a Homofobia, comemorado ontem.

Pelo Twitter, o clube postou a seguinte mensagem ontem: “No Dia Internacional contra a Homofobia, o #Coelhão levanta outra vez a bandeira da diversidade. Queremos respeito a todos, dentro ou fora do futebol. Neste fim de semana, vamos levar, literalmente, essa bandeira para o campo. #Homofobia Não”. O Coelhão, mascote do time, também usará cores alusivas ao tema na partida contra os pernambucanos.


Publicidade