Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Em duas frentes

Enquanto treina para o jogo decisivo de sexta-feira, contra o Minas, Praia renova com Fernanda Garay e negocia com Claudinha e Walewska


postado em 23/04/2019 05:12

Fernanda Garay continua no clube para a próxima temporada, mas sua presença na segunda partida da final, em Uberlândia, é incerta, por causa de lesão no tornozelo direito(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Fernanda Garay continua no clube para a próxima temporada, mas sua presença na segunda partida da final, em Uberlândia, é incerta, por causa de lesão no tornozelo direito (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)


Depois de anunciar a renovação com a oposta norte-americana Nicole Fawcett e a contratação da ponteira Priscila Dairot (ex-Mackenzie e ex-Minas), o Praia confirmou ontem a prorrogação do vínculo da também ponteira Fernanda Garay para a temporada 2019/2020. Há, no entanto, mais novidades na equipe do Triângulo Mineiro, que disputa a final da Superliga Feminina de Vôlei contra o Minas – o time da capital venceu o primeiro duelo, em BH, por 3 a 1, e o segundo será sexta-feira, em Uberlândia. Se ganharem, as minas-tenistas asseguram a taça. O triunfo é obrigatório ao Praia para manter sua chance e forçar a terceira partida, novamente no Mineirinho.

Enquanto afia suas armas para a partida decisiva, o clube negocia com duas outras jogadoras: a levantadora Claudinha e a meio de rede Walewska, que integraram o time campeão da Superliga no ano passado. O fato de conversar com Claudinha significa que a levantadora norte-americana Lloyd não permanecerá.

O Minas (que viaja hoje para Uberlânia depois de um dia de folga) também está atuante no mercado. Com a saída de duas das principais estrelas – as ponteiras Gabi e Natália, que vão jogar na Turquia –, o clube já acertou uma reposição, contratando a ponteira venezuelana Acosta, que jogava no Bérgamo da Itália. Também tem conversas avançadas com outra estrangeira, cujo nome mantém em segredo, e acertou com a meio de rede Thaísa, da Seleção Brasileira.

No masculino a movimentação também é intensa no Cruzeiro e no Minas. Os celestes renovaram com o técnico argentino Marcelo Mendez, que dirigirá o time pela 11ª temporada consecutiva. Também já prorrogaram com o meio de rede Isac, o oposto Luan, o levantador Cachopa e o ponteiro Rodriguinho. Nesta semana, devem anunciar o levantador argentino Uriarte, que defendeu o clube em 2018, e o meio de rede Otávio. O clube perdeu o ponteiro norte-americano Sander e o meio de rede francês Le Roux e ainda não renovou com o oposto Evandro (tem proposta do Taubaté), o líbero Serginho, o ponteiro Filipe, os meios de rede Robert e Leo, além do líbero reserva Lucas Bauer.

Já o Minas, que perdeu o levantador Marlon e o meio de rede Flávio para o Sesc-RJ, buscou dois reforços no exterior: os ponteiros argentinos Ocampo e Lazo. Também contratou o levantador Rodrigo, mineiro de Caratinga. O time pode perder o jovem levantador Carísio, que tem proposta do Taubaté.

FINAL MASCULINA Começa hoje, às 21h30 (transmissão do Sportv2), no Ginásio de Vila Leopoldina, a decisão da Superliga Masculina, entre Sesi-SP e Taubaté-SP. A final será em melhor de cinco, diferentemente da Feminina, definida em melhor de três.


Publicidade