Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Interino corre contra o tempo


postado em 14/04/2019 05:07

Como comandou apenas dois treinos na Cidade do Galo, técnico Rodrigo Santana tem conversado muito com o grupo (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 9/8/18)
Como comandou apenas dois treinos na Cidade do Galo, técnico Rodrigo Santana tem conversado muito com o grupo (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 9/8/18)

Foram apenas dois treinos no campo, algumas horas de conversa com os jogadores no vestiário e exibição de vídeos do adversário. A partir momento em que foi convocado pela diretoria para dirigir o Atlético na decisão do Mineiro contra o Cruzeiro, o técnico Rodrigo Santana não pensou em outra coisa senão colocar em campo a melhor equipe possível. Sem tempo para conhecer melhor as características dos atletas, não deve mudar a estrutura tática que vinha atuando com Levir Culpi.

A novidade em relação à formação que foi goleada pelo Cerro Porteño por 4 a 1, pela Copa Libertadores, é o retorno do capitão Réver (que cumpriu suspensão no Paraguai) no lugar de Leonardo Silva. Na frente, mesmo que Geuvânio esteja novamente à disposição – não foi inscrito na Libertadores, mas pode atuar pelo Estadual –, a tendência é que Maicon Bolt forme o trio de atacantes com Luan e Ricardo Oliveira. Rodrigo Santana pode também mexer no meio-campo, a fim de melhorar a marcação, uma das deficiências nos últimos jogos.

Em sua primeira chance para comandar o time principal do Galo, o técnico elogiou o comportamento dos atletas nos treinos e aposta numa equipe atuando com inteligência e intensidade no Mineirão: “Notei que o grupo está querendo vencer. Eles me receberam bem, tive a oportunidade de conversar com a maioria. Estou satisfeito com o trabalho, porque a atmosfera está favorável. Estou otimista”.

IGUALDADE
Por mais que a semana tenha sido difícil, sobretudo depois da atuação ruim no Paraguai, a expectativa de jogadores, dirigentes e comissão técnica é de que o Galo possa renascer no clássico. O discurso do novo diretor de futebol, Rui Costa, é de que o alvinegro brigará de igual para igual com o Cruzeiro: “Não se trata um clube da grandeza do Atlético, de títulos, de confrontos com nosso arquirrival, da forma quase jocosa como está sendo tratado. Posso deixar claro, sem entrar em detalhes, que tudo isso está assimilado e compreendido por todos aqui. O torcedor pode ter plena convicção de que a grandeza do Atlético vai ser constatada e respeitada”.


ENQUANTO ISSO...
...Tiago Nunes apresenta versão

O técnico Tiago Nunes divulgou nota ontem para explicar a negociação com o Atlético  e sua decisão de permancer no Athletico. “O contato e, posteriormente, a proposta oficial formalizada pelo Atlético Mineiro foi recebida por mim e meu representante de maneira honesta. Em conversa com o presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Mario Celso Petraglia, decidimos pela minha permanência na instituição que me acolheu tão bem e deu condições para exercer minha função da melhor maneira”. Via Twitter, Petraglia havia disparado contra a diretoria do Galo na noite de sexta-feira, afirmando que o clube mineiro estava sendo antiético ao buscar técnico empregado. Também pela rede social, o Galo rebateu, afirmando que o treinador foi oferecido pelo empresário.


Publicidade