Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Barça e Juve em vantagem

Catalães vencem United no Old Trafford e jogarão pela igualdade em casa. Italianos empatam por 1 a 1 com o Ajax e avançarão com 0 a 0


postado em 11/04/2019 05:07

Brasileiro David Neres fez o gol que impediu a derrota dos holandeses em Amsterdã(foto: JOHN THYS/AFP)
Brasileiro David Neres fez o gol que impediu a derrota dos holandeses em Amsterdã (foto: JOHN THYS/AFP)

A volta de Cristiano Ronaldo ao time da Juventus foi providencial. O português foi o autor do gol da Juventus no 1 a 1 com o Ajax, em Amsterdã, resultado que garantiu certa tranquilidade aos italianos, que jogarão pelo empate sem gols, em casa, para garantir a vaga nas semifinais da Liga dos Campeões – a partida de volta será na terça-feira, em Turim. O vencedor vai encarar quem passar do duelo entre Tottenham e Manchester City. Os Spurs estão em vantagem após vencer o primeiro jogo por 1 a 0, em Londres.

O atacante luso, que machucou a coxa direita em um jogo da Seleção de Portugal em 25 de março, abriu o placar pouco antes do intervalo. Foi o 125º gol do astro na Liga dos Campeões (41 deles marcados a partir das quartas de final), competição em que é o maior artilheiro da história.O brasileiro David Neres igualou para o Ajax logo no primeiro minuto do segundo tempo.

Após eliminar o Real Madrid na fase anterior, o Ajax teve outra boa atuação contra um dos gigantes do futebol europeu, ainda que não tenha conseguido triunfar diante de sua torcida – muito em função da boa atuação do polonês Szczesny, goleiro da Juve. Fiel a seu estilo, jogou um futebol envolvente e ofensivo, chegando a ter mais posse de bola (58%) e buscando mais a área adversária do que os italianos (17 chutes a gol contra 6), diante de uma Juventus que quase não assustou o goleiro da equipe holandesa, principalmente na segunda etapa.

Tríplice coroa Na outra partida das quartas de final da Liga dos Campeões, o Barcelona conquistou uma importante vitória por 1 a 0 sobre o o Manchester United, em pleno Old Trafford. O gol da partida foi contra, marcado pelo defensor inglês Luke Shaw após cabeçada de Luis Suárez. Qualquer empate na volta, no Camp Nou, na semana que vem, classifica os catalães, que estão perto de se sagrar campeões espanhois e classificados à final da Copa do Rei e sonham com a Tríplice Coroa ao fim da temporada.

O lance do gol teve participação do auxiliar de vídeo (VAR): Busquets lançou Messi na área e o craque argentino encontrou espaço para dominar e cruzar na medida para Suárez, na segunda trave. O uruguaio cabeceou e contou com desvio em Shaw para abrir o placar. Inicialmente, o árbitro anulou o lance por suposto impedimento de Suárez, mas mudou de opinião ao consultar o VAR e validou o gol.

Para o zagueiro Gerard Piqué, a vaga não está decidida: “Depois do que ocorreu com o PSG (eliminado pelo United), é preciso tomar cuidado. No futebol, pode ocorrer qualquer coisa e precisamos de muita concentração”.


Publicidade