Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Embalado na hora H

Com oito gols nos últimos três jogos, Cruzeiro recebe o Patrocinense por vaga na semifinal


postado em 23/03/2019 05:09

Marquinhos Gabriel tem sido um dos destaques ofensivos e deve ser mantido para o duelo de hoje no Mineirão(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Marquinhos Gabriel tem sido um dos destaques ofensivos e deve ser mantido para o duelo de hoje no Mineirão (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)


Único invicto no Campeonato Mineiro, o Cruzeiro parte para uma nova fase da temporada 2019 hoje, às 19h, quando recebe o Patrocinense, no jogo único das quartas de final. Se os pontos que deixou escapar contra times do interior foram determinantes para que perdesse a liderança da primeira fase para o rival, Atlético, todos no clube sabem que a partir de agora não podem falhar, sob o risco de adeus precoce ao Estadual. Vitória simples de qualquer um dos adversários leva à semifinal. Havendo empate, pênaltis.

Além de avançar no Mineiro, há a preocupação de ir bem diante do time de Patrocínio para chegar embalado no duelo com o Deportivo Lara-VEN, quarta-feira, em Belo Horizonte, só que pela segunda rodada do Grupo B da Copa Libertadores. “É a hora que todo jogador gosta, jogos decisivos. Vamos procurar entrar concentrados para conseguir nosso objetivo, que é a classificação”, diz o armador Marquinhos Gabriel, que deve ser mantido no time.

Já o volante Ariel Cabral, que voltou a ser titular na goleada sobre a Caldense por 3 a 0, espera que o time dê a resposta mais uma vez e siga firme na temporada. “A gente tem de ir passo a passo. É o Mineiro, que queremos ganhar, como fizemos no ano passado. Depois é a Libertadores. Temos de buscar os resultados e os títulos”, afirma o argentino. Em sua visão, o segredo será “defender bem e atacar bastante.”

A tendência é que siga como titular, mas com novo companheiro hoje. Afinal, o capitão Henrique está suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo, devendo abrir espaço para a volta do também argentino Lucas Romero.

Para o gringo, apesar do desfalque a Raposa seguirá forte. Até porque, atletas importantes voltam hoje, como o zagueiro Dedé e o lateral-esquerdo Egídio, que estavam suspensos, e o armador Rodriguinho, poupado na última rodada. “Vamos ter a ausência do nosso capitão, mas temos jogadores para entrar em campo e fazer o que o (técnico) Mano Menezes quer”, declara Ariel Cabral.

Ele completou 150 jogos com a camisa celeste e é o segundo estrangeiro que mais defendeu o clube, atrás do uruguaio De Arrascaeta, que tem 188. Ele minimiza uma hipotética disputa com o ex-companheiro, que foi para o Flamengo, mas espera ter cada vez mais chances de ajudar a equipe. “Há bons momentos e outros nem tanto (pelo Cruzeiro). O importante é que estamos trabalhando, procurando estar focados sempre. Quando o Mano decidiu por mim, dei a resposta. A gente treina, se dedica, para, quando entrar, fazer as coisas benfeitas.”

FORÇA OFENSIVA
Um dos desafios hoje é conciliar a vitória com boa partida, como nos três últimos jogos, quando o Cruzeiro marcou oito gols e não sofreu nenhum. “Time grande tem de propor o jogo, atacar. Sem desmerecer o adversário, somos o Cruzeiro e temos de ir para cima, ainda mais dentro de casa”, declara o camisa 5.

Pelo outro duelo de hoje das quartas de final, o Boa encara o Tombense, às 21h, em Varginha.


O ADVERSÁRIO
Uma dúvida, duas mudanças

O técnico Rodrigo Fonseca tem pelo menos uma dúvida para a partida contra o Cruzeiro. Recuperado de pancada no joelho, o meia Dedê e Lucas Chinaqui são opções para substituir o volante Davi, suspenso por causa do terceiro cartão amarelo. Por escolha tática, o treinador pode mexer na defesa, dando oportunidade ao zagueiro Mauro Viana, e no ataque, abrindo espaço para Toni Galego.


FICHA TÉCNICA
Cruzeiro X Patrocinense

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Dedé, Leo e Egídio; Lucas Romero, Ariel Cabral, Robinho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Fred
Técnico: Mano Menezes
Patrocinense: Jeferson; Kellyton, Juninho (Mauro Viana), Betão e Ian Barreto; Arilson, Bruno Moreno, Dedê (Lucas Chinaqui) e Leandro Oliveira; Felipe Alves e Pavani (Toni Galego)
Técnico: Rodrigo Fonseca
Quartas de final do Campeonato Mineiro
Estádio: Mineirão
Horário: 19h
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistentes: Frederico Soares Vilarinho e Marcyano da Silva Vicente
TV: Pay-per-view


Publicidade