Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Clássico tira-teima

Empatados, América e Cruzeiro medem forças hoje no Independência. Partida terá duelo especial entre jogadores que vestiram a camisa do adversário, como Paulão e Rodriguinho


postado em 17/02/2019 05:09

De reserva a titular no Coelho, Paulão prevê o duelo mais duro da temporada:
De reserva a titular no Coelho, Paulão prevê o duelo mais duro da temporada: "Vamos enfrentar um time experiente, mas temos de conseguir impor nosso jogo" (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press - 30/11/18)


Um clássico que pode valer a liderança do Campeonato Mineiro. Este é o América x Cruzeiro de hoje, às 17h, no Estádio Independência, pela sétima rodada. Dentro de campo, uma série de atrações, com destaque para um duelo entre jogadores que já defenderam o adversário. De um lado, o zagueiro Paulão, do América, do outro, o armador Rodriguinho, do Cruzeiro.

Tanto o Coelho quanto a Raposa somam 14 pontos ganhos. Ambos venceram quatro partidas e empataram duas e são os únicos invictos na competição. A vantagem americana está no saldo de gols, 11, sendo que seu ataque marcou 14 vezes e a defesa sofreu três gols. O Cruzeiro tem 13 gols a favor e quatro contra. E um pensamento comum entre atletas e comandantes das duas equipes torna a partida ainda mais empolgante: terminar a fase de classificação em primeiro, para ter a vantagem de decidir em casa os mata-matas e também por jogar por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols tanto na semifinal quando numa possível final.

A experiência é considerada fundamental para vencer o clássico de hoje. Se ganhar, o América não só deixa o rival para trás como acabará com o jejum de vitórias no confronto. São nove partidas desde 2016, quando o time bateu a Raposa (2 a 0) no primeiro jogo pelas semifinais do Mineiro daquele ano, abrindo caminho para a conquista do título, o último estadual vencido pelo Coelho. Para isso, um jogador que já defendeu o rival é considerado fundamental: o zagueiro Paulão.

Há menos de um mês, o jogador era reserva de Messias. Porém, com as negociações para a transferência do companheiro, que acabou indo para o futebol português, participou de todos os jogos da temporada, se tornando titular.

Com passagem por Grêmio, Vasco e Internacional, esteve no Cruzeiro em 2013, mas sem se firmar. Jogando contra, porém, guarda bons momentos na memória. “Não sei quantas vezes enfrentei o Cruzeiro, mas tem dois jogos de que não me esqueço. Primeiro, no Inter, quando perdemos um jogo em Porto Alegre. Mas depois, no Vasco, ganhamos no Mineirão”, relembra o zagueiro.

IMPOSIÇÃO Para ele, o confronto de hoje é, com certeza, “o mais difícil da temporada”, pois ambos têm aproveitamentos idênticos. “Vamos enfrentar um time experiente, mas temos de conseguir impor nosso jogo, ditar o ritmo. Assim chegaremos à vitória tão esperada por todos nós e pela torcida.”

Paulão, aos 32 anos, não perde a motivação. Muito disso, segundo ele, pela confiança que tem do técnico Givanildo e também dos demais jogadores do alviverde. Marcou um dos gols do time no Mineiro, na goleada por 5 a o sobre o Tupi, mas prefere não prometer balançar as redes no Horto. “O mais importante é não sofrermos gols. É minha principal preocupação.”


FICHA TÉCNICA
América x Cruzeiro

América: Fernando Leal; Leandro Silva, Paulão, Diego Jussani e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Matheusinho; Neto Berola (Felipe Azevedo), Júnior Viçosa e Marcelo Toscano
Técnico: Givanildo Oliveira
Cruzeiro: Fábio; Edílson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Lucas Silva), Robinho, Rodriguinho e Rafinha (Marquinhos Gabriel); Raniel (Marquinhos Gabriel)
Técnico: Mano Menezes
Sétima rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Independência
Horário: 17h
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistentes: Magno Arantes Lira e Marcyano da Silva Vicente
TV: Globo e pay-per-view
Americanos pendurados: Diego Jussani e Júnior Viçosa
Cruzeirenses pendurados: Nenhum


Publicidade