Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Armador com fome de títulos

Entre os reforços contratados pelo Cruzeiro para a temporada, Marquinhos Gabriel já chegou a Belo Horizonte, mas deve demorar um pouco para estrear na equipe principal


postado em 21/01/2019 05:06

Marquinhos Gabriel assinou contrato com o Cruzeiro depois de deixar o Al-Nasr, dos Emirados Árabes(foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro/Divulgação)
Marquinhos Gabriel assinou contrato com o Cruzeiro depois de deixar o Al-Nasr, dos Emirados Árabes (foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro/Divulgação)

O técnico Mano Menezes não espera contar tão rápido com o armador Marquinhos Gabriel, terceiro reforço anunciado pelo Cruzeiro para a temporada. O jogador, que pertencia ao Corinthians e estava emprestado ao Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, já está em Belo Horizonte, foi recebido pela diretoria e conheceu a estrutura da Toca da Raposa 2.

“É bem provável que o Marquinhos Gabriel vai precisar de um tempo um pouquinho maior (de preparação). Vem do futebol árabe e nós sabemos como é. É de um nível mais baixo. Vamos trabalhar um pouquinho mais com ele. Temos essa possibilidade, então vamos fazer”, comentou o técnico Mano Menezes logo depois da vitória sobre o Guarani por 3 a 1, na estreia das duas equipes, sábado, em Divinópolis, pelo Campeonato Mineiro.

O vínculo do jogador, de 28 anos, com o Cruzeiro vai até dezembro de 2021. Marquinhos jogou o segundo semestre do ano passado no Al-Nasr, marcando cinco gols e distribuindo três assistências em 18 partidas. Atlético-PR, Grêmio e Fluminense também pretendiam contratá-lo. O Cruzeiro terá a posse de 60% dos direitos econômicos de Marquinhos Gabriel, enquanto Corinthians e Al-Nasr ficarão com 28% e 12%, respectivamente.

“Estou chegando para ajudar vocês a ser feliz este ano. Em 2019, vamos conquistar títulos importantes de novo”, disse Marquinhos Gabriel em mensagem divulgada ontem pelo clube.

Dos reforços, o lateral-direito colombiano Luis Orejuela, emprestado pelo holandês Ajax até dezembro, ficou no banco em Divinópolis. Das novidades, o único a entrar em campo foi Renato Kayzer, que ganhou nova chance no clube depois de ser emprestado para o Atlético-GO no ano passado. Mano pretende usar os novos jogadores aos poucos.

“A gente entende que essa é a melhor maneira. Às vezes não temos tempo. Temos que apressar, como fizemos com o Barcos na temporada passada. Aí é emergência. Dentro do normal, temos uma equipe sólida, consistente. Temos que dar o tempo necessário para esses jogadores”, disse o treinador.

MUDANÇAS Depois de vencer na estreia, o Cruzeiro deve ter um time bem diferente contra a Patrocinense quarta-feira, no Mineirão. Mano quer usar os primeiros jogos da temporada para dar ritmo ao grupo e para testar jogadores. Por isso, segundo ele, 70% do time deve ser diferente diante da equipe de Patrocínio.

“Não é só pelo risco de lesão, mas pela necessidade de evoluir ainda mais fisicamente com trabalhos específicos. Precisamos fazer com uma semana cheia. Não vamos tirar todo mundo, mas uns 60% a 70%. Isso nos dá segurança e possibilidade de fazer o trabalho para completar esse ciclo necessário nessa temporada longa e dura como temos no Brasil”, justificou Mano Menezes depois do triunfo em Divinópolis.

Contra o Guarani, o Cruzeiro entrou em campo com Fábio, Edilson, Dedé; Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; David, Robinho e Rafinha; Raniel. No segundo tempo, Lucas Silva, David e Raniel deram seus lugares a Lucas Romero, Renato Kayzer e Sassá.

 

 

À espera de
Rodriguinho


Próxima contratação do Cruzeiro, o armador Rodriguinho é esperado amanhã, em Belo Horizonte, para fazer exames médicos e assinar contrato. Ele deixa o Pyramids, do Egito, depois de seis meses, 11 jogos e nenhum gol. O armador acertou vínculo com a Raposa de três temporadas e chega com o aval de Mano Menezes, com quem trabalhou no Corinthians em 2014. Rodriguinho será o quinto reforço celeste para 2019. O clube deve anunciá-lo oficialmente junto com o novo patrocinador máster, o gaúcho Banco Renner.


Publicidade